- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O PERDÃO E A ESPERANÇA

                Quando temos esperança no coração percebemos que as dificuldades da vida são passageiras e que o sofrimento de hoje representa o porvir.
                Observe uma casa em reforma ou passando por uma faxina rigorosa quanto transtorno traz: poeira, ruídos, despesas, demora. Se alguém chega em meio à reforma ou faxina dirá: “Nossa, que bagunça!”
                Assim é a nossa vida. Quaisquer que sejam as dificuldades pelas quais estamos passando, são temporárias. Elas nos tornarão melhores. É só olhar para trás e ver quantas outras dificuldades já vencemos.
                Como fazer do nosso coração a morada da virtude Esperança? Primeiro, é a plena confiança em Deus ao analisar que se Deus cuidou de nós até hoje, Ele cuidará sempre. Depois, ter fé no futuro, ou seja, ascender-se acima das demais pessoas e olhar para o futuro ao invés do presente.
                Passando estas duas etapas, a próxima é experimentar o Otimismo, que é irmão gêmeo da Esperança. O otimista sorri, está sempre de bem com a vida e contagia a todos que o rodeia. Nesse contágio  ele acaba atraindo coisas boas para si, sua vida melhora, as dificuldades desaparecem ou tornam-se mais leves.
                Se você passa por dores ou problemas de saúde, saiba que o Otimismo gera dopamina, elemento que alivia a dor e acelera a cicatrização. Se consegue isso já surge a morada para a virtude Esperança. A Esperança nos faz ver a verdadeira face da vida.
                São muitos os verdadeiros prazeres da vida que a virtude Esperança vai os proporcionar, ao olharmos de cima para baixo as dificuldades que estamos passando.


Do livro: Terapêutica do Perdão – Aloísio Silva
imagem: google

Nenhum comentário: