- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

SAÚDE E CONSCIÊNCIA I

                A fim de que a pessoa adquira ou preserve a saúde, é imprescindível a conscientização de si mesma, da sua maneira de ser.
                Normalmente, por hábito vicioso, prefere e aceita os estados negativos e alterados de comportamento com os quais a consciência anseia, abrindo espaço para as doenças. Permite-se, desse modo, a raiva, o ciúme, a queixa, a ansiedade, e tomba em depressões injustificáveis que são as portas de acesso a enfermidades variadas.
                Justificando sempre os pensamentos perturbadores e as ações perniciosas, recusa-se à renovação da paisagem mental com a consequente mudança de atitudes, mais se predispondo ao desequilíbrio.
                Os sinais de alarme em torno da situação surgem quando se deseja:
- pedir desculpas por uma reação infeliz e não logra fazê-lo;
- recomeçar uma tarefa que a ira interrompeu e sente dificuldade;
- abraçar alguém inamistoso e vê-se impedido;
- discutir um assunto desagradável e é tomado por um silêncio constrangedor;
- iniciar uma conversação e sente-se incapaz ou desinteressado;
- permanecer acordado sem libertar-se de uma ideia intranquilizadora;
- continuar ansioso, mesmo quando não há razão que o justifique;
- não conseguir dirigir palavras gentis a uma pessoa querida;
- sentir-se trêmulo ou deprimido diante de alguém que lhe parece superior;
- considerar-se diminuído no meio social no qual se movimenta...
                Esses sintomas e outros mais caracterizam estados predisponentes às doenças.
                A aceitação dessas circunstâncias significa preferência de infelicidade à harmonia.
                Cultivando esses estados, bloqueia-se a consciência que se entorpece, volvendo a um estágio inferior, no caso, à sensação que ainda lhe predomina no processos evolutivo.

Fonte: MOMENTOS DE SAÚDE E DE CONSCIÊNCIA
Divaldo P. Franco/Joanna de Ângelis      
imagem: google 

Um comentário:

Élys disse...

Como sempre uma bela mensagem de Joanna de Ângelis.
Um abraço.
Élys.