- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


segunda-feira, 23 de julho de 2012

SOBRE A MORTE I


Morrer É Mudar Continuando em Essência o Mesmo
Costuma-se simbolizar a morte por um esqueleto chacoalhante (o que restaria do corpo), armado de foice (com que cortaria o fio da vida), portando uma ampulheta (para contar o tempo de vida das criaturas) e vestindo um manto preto (em que a pessoa que morreu seria escondida para sempre de nós).
                Será a morte feia e terrível assim?

O Que a Morte Parece Ser
Pra os materialistas, que somente acreditam na matéria, a morte é o fim da vida nos seres, a completa e irresistível desorganização dos corpos, o fim de tudo.
                Mesmo entre os espiritualistas, grande parte encara a morte com temor. Crêem em algo além do corpo, mas apenas de modo teórico. Como não se utilizam do intercâmbio mediúnico, falta-lhes a experiência pessoal, as provas quanto à sobrevivência do espírito. Em conseqüência, a morte parece-lhes porta de entrada para o desconhecido. E nada mais assustador do que aquilo que não se conhece.

O Que a Morte Realmente É
A morte é apenas o processo pelo qual o espírito se desliga do corpo que perdeu a vitalidade e não lhe pode mais servir para a sua manifestação no mundo terreno.
                O espírito não morre quando o corpo morre. Não depende dele para existir. Antes de encarnar neste mundo, o espírito já existia e vai continuar existindo depois que o corpo morrer.
                Desligado do corpo que morreu, o espírito continuará a viver, em condições diferentes de manifestação, em outro plano de atividades: o mundo espiritual, sua pátria de origem.
                Para entendermos bem isso, recordemos como é que encarnamos e desencarnamos.

(continua)

AS MÃES DE CHICO XAVIER
Saulo Gomes (organizador)


x_3c9af6bf

2 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Querida
Depois vem a Ressurreição que noa submete a uma consolação interna e edificante... ainda bem que nada é em vão!!!
Seja abençoada e feliz!!!
Bjs de paz

Dilmar Gomes disse...

Amiga Denise, para muita gente, sobretudo para os materialistas convictos, a morte é vista como um filme de terror. Um abraço. Tenhas uma linda semana.