- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quarta-feira, 29 de março de 2017

NA LAVOURA MEDIÚNICA I

                Na lavoura da mediunidade, o trabalho de aprimoramento moral do homem é de capital importância.
                Terreno em desprezo, dá vitória à erva daninha.
                Solo sem trato é prejuízo na economia da agricultura.
                Cada médium revela, na aplicação das forças psíquicas, o estado da própria evolução.
                Em razão disso, a grande variedade de médiuns é decorrência da larga faixa moral em que transitam os homens.
                Aprimorem-se o caráter moral e os valores culturais do servidor e defrontaremos resultados superiores, no serviço mediúnico.
                A faculdade medianímica, como outra qualquer, é neutra, em si mesma.
                A direção que se lhe dá torna-a dignificada como perniciosa.
                Variando de intensidade, de indivíduo para indivíduo, tem as suas raízes no espírito, onde se fixam as necessidades evolutivas do ser.
                Inata, desenvolve-se por criteriosos processos de educação e disciplina, dirigidos para os valores morais, mediante o exercício a que se deve submeter.
                A mediunidade é inerente ao homem como o cociente intelectual, aguardando correspondente aprimoramento.
                Possui-se mediunidade ou não se dispõe de mais amplos recursos medianímicos.

Fonte: ALERTA – Divaldo Pereira Franco/Joanna de Ângelis
imagem: google

Nenhum comentário: