- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


domingo, 10 de junho de 2012

O SUAVE ENCANTAMENTO DE SERVIR I


Quando se serve, em qualquer forma de solidariedade, há um suave e doce encantamento que enternece o indivíduo, dando-lhe sentido existencial e dignidade humana.
            O ser humano deve descobrir o objetivo essencial da sua existência, especialmente no que diz respeito ao seu comportamento durante o elevado período de discernimento e de consciência.
            Todos os impulsos que nele ocorrem induzem-no ao crescimento, à conquista dos valores transcendentais, que aguardam o momento de desenvolver-se, rompendo a couraça que os envolve. A sua é a fatalidade do bem, em cujo curso encontra a real alegria que o propele n o rumo da felicidade.
            Ninguém alcança os altiplanos da vida sem os esforços iniciais no sopé da montanha.
            Por essa razão, o esforço em favor da conquista relevante do ser psicológico deve ter como fundamental significado a tarefa de servir.
            Quando alguém não consegue descobrir a finalidade da jornada humana, continua com entorpecimento emocional e paralisia mental, porque tudo no universo é dinâmico e ativo.
            O serviço em favor do próximo, por exemplo, enriquece aquele que coopera com os tesouros da sabedoria e da compreensão dos próprios limites, como também os dos demais, facultando a conquista da elevação moral, que se expressa como despertamento para a realidade profunda do ser espiritual que se é.
            Avançando na direção das horas, compreende que é abençoado pelo ensejo de melhor aplicá-las, de forma que deixe rastro luminoso pelo caminho, dando significado interior ao ato de viver.
            Entende que, além do fenômeno biológico do existir, a reencarnação confere-lhe a honra de produzir, de alterar o rumo das ações sempre para melhor, superando os impedimentos que o detêm na retaguarda do progresso.
            A vida é uma nobre canção de serviço em todos os ângulos sob os quais seja observada.
            Em consequência, o ato de servir é manifestação do amor que se alonga do emocional para a realidade prática da ação edificante.

Do livro: Entrega-te a Deus     
Divaldo Pereira Franco/Joanna de Ângelis

Glitter Symbols - ImageChef.com

2 comentários:

ELAINE disse...

Gostei muito de teu blog também! Todos os espaços que ajudem a levar esclarecimento aos corações são importantes! Já estou te seguindo e, se quiseres retribuir me seguindo também, fique à vontade.... Excelente escolha de texto! Lindo! Divaldo e Joanna dispensam comentários! Hoje estou reiniciando minha aventura no universo da blogosfera! A aventura do carinho, da amizade entre blogs e corações blogueiros! Blogs que vivem com alma, escrevem com o coração e para os quais o carinho e a preocupação dos amigos traz um bem e um conforto incomparáveis! Alimenta o coração e fortalece o espírito! Seja muito bem-vinda sempre! Amigos como você são um estímulo e uma inspiração! E é para quem posto e escrevo! Que o amor renovador e a Paz de Jesus Cristo habitem nossos corações sempre! Abraço fraterno, saudoso e carinhoso!
Um início de semana iluminado!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Suely Bezerra disse...

Boa noite amiga ! Vim trazer meu carinho e te desejar uma ótima semana .Fica na paz


Quando tudo nos parece dar errado, acontecem coisas boas, que não teriam acontecido, se tudo tivesse dado certo.

Frase de Renato Russo