- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quinta-feira, 22 de novembro de 2012

O RECONHECIMENTO DO AMAR AO PRÓXIMO NA ADOLESCÊNCIA I


O despertar do sentimento do amor na adolescência é sempre enriquecedor. Uma poesia nova toma conta da existência e todas as coisas se tornam coloridas, oferecendo impressões dantes não percebidas, que se transformam em fonte de inspiração para as definições de atitudes e prosseguimento daquelas que já se incorporaram ao seu perfil humano e à sua identidade em relação à vida.
A aceitação pelo grupo social emula-o a permanecer desenvolvendo as suas tendências, que são elegidas conforme a capacidade mesma de amar ao próximo e sentir quanto poderá contribuir em favor de melhores dias e mais dignas realizações que lhe estejam ao alcance.
Nesse momento, há o descobrimento da necessidade do interrelacionamento pessoal, escolhendo melhor os indivíduos com os quais deve conviver e crescer, permitindo-se envolver por aqueles que provocam maior empatia e se lhe tornam modelares pela riqueza de valores morais e culturais de que se fazem portadores.
O sexo experimenta mais saudável orientação, deixando de ser direcionado pelos impulsos do instinto, para ser emulado pelo sentimento da afetividade.
O próximo já não se lhe apresenta como estranho, o ser distante, mas a pessoa mais perto dele, seja pelo sentimento de fraternidade, seja pelo companheirismo, tornando-se membro do seu clã, cuja presença e afetividade o compensam emocionalmente.
Sob a motivação do amor, os seus planos em relação ao futuro ganham significado e o tecido social não mais se lhe mostra esgarçado conforme ocorria antes.
Afinal, a vida física tem como finalidade precípua contribuir em favor da sociedade modificada para melhor, quando as criaturas adquirem motivações para prosseguirem no desempenho das suas atividades, libertando-se dos conflitos externos e das pressões que geram desequilíbrios, levando as massas de roldão ao desespero.

ADOLESCÊNCIA E VIDA                
DIVALDO PEREIRA FRANCO/JOANNA DI ÂNGELIS
                                                              

x_3c9af6bf

2 comentários:

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

QUE BELO,AMUGA DENISE.

TODOS DEVIAM LER ESSA MARAVILHA QUE TÃO BEM FALA DA ADOLESCÊNCIA,DA VIDA,DA ESPIRITUALIDADE.

MUITO OBRIGADA POR SER MINHA NOVA E QUERIDA AMIGA E POR SEMPRE INTERAGIR COMIGO COMENTANDO NO MEU BLOG.

BEIJOS COM GOSTO DE CARINHO E UM FINAL DE SEMANA DE PAZ E AMOR!

DONETZKA


http://donetzkatextosbonitoseimagenslindas.blogspot.com.br/

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Na juventude jogam-se as nossas descobertas e equacionam-se os nossos pensamentos, emoções e sentimentos.

A descoberta do amor e dos relacionamento com os outros faz acordar a paixão e a dádiva da vida.

Quando criamos relacionamentos vamos amadurecendo e concluindo que tudo passa, tudo muda, tudo tem uma origem e um fim - DEUS