- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


segunda-feira, 21 de julho de 2014

JESUS E POSSES I

O apego aos bens materiais torna-se uma jaula que aprisiona o possuidor distraído, que passa a pertencer àquilo que supõe possuir.
Causa aflição, pelo medo de perder o que acumula; pela ânsia de aumentar o volume dos recursos; pela circunstância de ter que deixá-los ante a iminência da morte sempre presente na vida.
Desvaria, porque intoxica de orgulho e prepotência a criatura, que se crê merecedora de privilégios e excepcionais deferências, que a não impedem de enfermar-se, neurotizar-se, padecer de solidão e morrer como todas as demais.
Enrijece os sentimentos, que perdem a tônica da solidariedade, da compaixão e da caridade, olvidando-se dos outros para pensar apenas em si.
Faz pressupor que nasceu para ser servido, abandonando o espírito de serviço que dignifica e favorece o progresso.
O possuidor que não se interessa por repartir os valores, oferecendo dignas oportunidades de trabalho, é escravo que mais se envilece, quanto mais se prende às posses.
Rico é todo aquele que doa, assim espalhando os recursos, que se multiplicam em diversas mãos em benefício geral.
O rico verdadeiro é investidor consciente, que não paralisa o crescimento da sociedade, antes amplia sua área de realizações.
Sabe que é mordomo transitório e não dono permanente, devendo prestar contas, oportunamente, dos valores que lhe foram confiados.
Verdadeiramente, o homem nada possui. Nem a si mesmo ou à sua vida, tornando-se usuário de tudo quanto lhe chega e passa. A descoberta de tal realidade harmoniza-o interiormente e com tudo quanto é temporário, em trânsito para o que é de sabor eterno, que é a sua espiritualização.
No século desfruta, mas não retém. Na Vida permanece, mas não abusa.

Fonte: JESUS E ATUALIDADE              
DIVALDO PEREIRA FRANCO/JOANNA DE ÂNGELIS
imagem: professorantonioneves.blogspot.com

4 comentários:

Pequenaiv disse...

Olá Denise...
Maravilhosas palavras de
Joanna de Angelis.
A Doutrina Espírita é uma benção em nossas vidas!
Muito obrigada pelas postagens, sempre
enriquecedoras.
Beijo
Ivete

*

Dilmar Gomes disse...

Pois é amiga Denise, infelizmente, muita gente passa a vida inteira acumulando quinquilharias ou seguindo modismos passageiros, coisas que, em suma, não contribuem para elevação espiritual.
Um abraço. Tenhas um dia abençoado.

Go Artes disse...

Maravilhoso e muito oportuno esse texto!
Um abraço e xeroca fraterna para você minha irmã!

Go

tesco disse...


Confesso que ainda me causa apreensão, o destino
de minhas posses, depois de minha retirada desse
plano de existência.
Certo que se resumem a alguns livros e CDs, mas,
mesmo assim, gostaria de vê-los bem encaminhados.
São tão ingênos, coitadinhos!
Bobo esse menino, né?
Beijos.