- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 23 de setembro de 2014

O HOMEM NO MUNDO

(J. Herculano Pires)
O Espiritismo é um processo de integração do homem no mundo e não de fuga. Todas as formas de isolamento social e de segregação religiosa são condenadas pela doutrina. Os resíduos do sectarismo religioso, alimentados em varias encarnações, permanecem ainda bastante ativos em alguns adeptos, fazendo-os sonhar com um isolacionismo sectário que atenta contra a
própria essência dos ensinos espíritas. E o fermento velho a que se referiu Jesus, como vemos no Evangelho.
O Cristianismo teve de enfrentar esse mesmo problema em seu desenvolvimento. E, apesar da vitoria das correntes cristãs mais ativas, não foi possível evitar-se a criação de ordens e congregações dedicadas a vida contemplativa, empenhadas na fuga ao mundo para o encontro com Deus. Essa tendência à fuga é característica das religiões orientais. Basta compararmos a vida contemplativa e os ensinos disciplinares de Buda com a vida ativa e os ensinos morais do Cristo, para vermos a diferença entre o espírito oriental e o espírito ocidental nas religiões.
Na mensagem intitulada “O homem no mundo”, constante do capitulo XVII de O Evangelho Segundo o Espiritismo, encontramos o seguinte trecho: “Não penseis que, ao vos exortar a prece e a evocação mental, queiramos levar-vos a viver uma vida mística que vos mantenha fora das leis da sociedade. Não. Vivei com os homens do vosso tempo, como devem viver os homens. Sacrificai-vos as necessidades e até mesmo as frivolidades de cada dia, mas fazei-o com o sentimento de pureza que as possa purificar”. E no capitulo “A Lei de Sociedade”, de O Livro dos Espíritos, a afirmação e taxativa: “Os homens são feitos para viver em sociedade”.
Os médiuns e doutrinadores espíritas tem uma missão eminentemente social. Para bem cumprir essa missão devem servir-se de todos os meios, os mais eficientes possíveis, de divulgação da doutrina. E foi o próprio Jesus quem ensinou que não devemos esconder a lâmpada embaixo da cama, mas coloca-la no alto, para que ilumine a todos.


Fonte: Na Era do Espírito – Chico Xavier/José Herculano Pires
imagem: google

2 comentários:

Pérola disse...

Um mundo nem sempre fácil de entender.

Beijos

Élys disse...

Um a bonita mensagem como todas que aqui são postadas.
Um abraço, Élys.