- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

A ALMA DOS ANIMAIS

Pergunta - Por que alguns animais domésticos são tão agressivos e outros tão dóceis?
Resposta - Como dissemos, recebemos corpos que são os mais adequados ao nosso grau de desenvolvimento espiritual. Se somos dóceis, significa que já atingimos um grau de entendimento e desenvolvimento espiritual relativamente elevado. Então recebemos corpos concordantes com nossas energias e vontades. Se formos seres antissociais, receemos, do mesmo modo, corpos concordantes com as nossas atitudes e vontades. Se somos espíritos relativamente elevados, quando comparados a outros encarnados na mesma espécie, receberemos corpos que determinem menor agressividade por não terem, por exemplo, grande produção hormonal de testosterona ou estrógenos, que estão diretamente ligados a ações agressivas.
            Muitas vezes ouvimos pessoas dizendo que determinada pessoa age como um animal, dando a entender que é agressiva, mas observando os nossos irmãos animais domésticos, muitas vezes nos deparamos com atitudes de docilidade e benevolência dificilmente vistas em pessoas. Isso nos dá a ideia de como os animais não estão tão distantes de nós em termo de comportamento. Temos notícia de uma cadela que vive na África que cuidou e amamentou uma criança, evitando que morresse de fome até que fosse encontrada. Há notícias de um pequeno cão que lutou com outro maior para salvar seu dono do ataque de outro cão agressivo, mesmo arriscando a própria vida. Esse comportamento é indicativo de compaixão maior do que a que encontramos entre os seres humanos. Esses mais agressivos estão aprendendo a não mais serem, enquanto os dóceis já aprenderam e estão tentando consolidar o aprendizado.


Fonte: A ESPIRITUALIDADE DOS ANIMAIS – Marcel Benedeti
imagem: google

Nenhum comentário: