- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sábado, 15 de julho de 2017

O PERDÃO PARA VIVER COM EQUILÍBRIO

                A pressão e cobrança de maior produção nossa; a decepção com uma pessoa que amamos muito; o medo do desemprego; uma nova crise financeira. São situações que levam ao desequilíbrio emocional.              
                Deepak Chopra, afirma que as conseqüências físicas da perda de um emprego são semelhantes ao resultado de quando somos atropelados por um automóvel.
                O desequilíbrio emocional causado pelo estresse pode levar á perda de apetite, insônia, alteração no batimento cardíaco e, depois de algum tempo, provocar problemas de saúde como ansiedade, depressão, dores na coluna, gastrites, entre outros.
                Para restabelecer o equilíbrio emocional é necessário parar e avaliar a verdadeira importância da situação pela qual estamos passando como um ser humano imortal, filho de Deus que somos. Devemos, também, analisar quantas situações difíceis já conseguimos vencer. Dessa forma, percebemos o quanto é pequeno o problema daquele momento quando comparado ao que nós somos.
                Buda, um dia, observando um lago, viu uma linda jovem tocando harpa. Dessa imagem fez a seguinte reflexão: “A vida é como a corda da harpa, se esticar demais ela se quebra e traz prejuízos, quando folgada ela não dá acorde e traz o tédio, porém, com equilíbrio tocará uma linda música”.
                Algum aspecto da nossa vida estava como a corda da harpa, esticada demais, e quebrou trazendo-nos prejuízos na saúde, no trabalho, na sociedade. Outros aspectos da nossa vida estavam com a corda folgada e por isso estamos sem acorde, ou seja, com tédio. Estamos com desequilíbrio emocional.
                As técnicas de relaxamento, massagem relaxante, acupuntura, ioga, entre outras terapias, nos ajudam a reencontrar o equilíbrio emocional. A religião tem um papel fundamental nesta busca pois o maior dos terapeutas é Jesus Cristo.


Do livro: Terapêutica do Perdão – Aloísio Silva
imagem: google

Nenhum comentário: