- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


domingo, 26 de outubro de 2014

NOS COMPROMISSOS DE TRABALHO

Nunca se envergonhe, nem se lamente de servir.
                                    
Enriquecer o trabalho profissional, adquirindo conhecimentos novos, é simples dever.

Colabore com as chefias através da obrigação retamente cumprida, sem mobilizar expedientes de adulação.

Em hipótese alguma diminuir ou desvalorizar o esforço dos colegas.

Jamais fingir enfermidades ou acidentes, principalmente no intuito de se beneficiar das leis de proteção ou do amparo das instituições securitárias, porque a vida costuma cobrar caro semelhantes mentiras.

Nunca atribua unicamente a você o sucesso dessa ou daquela tarefa, compreendendo que em todo trabalho há que considerar o espírito de equipe.

Sabotar o trabalho será sempre deteriorar o nosso próprio interesse.

Aceitar a desordem ou estimulá‐la, é patrocinar o próprio desequilíbrio.

Você possui inúmeros recursos de promover‐se ou de melhorar a própria área de ação, sem recorrer a desrespeito, perturbação, azedume ou rebeldia.

Em matéria de remuneração, recorde: quem trabalha deve receber, mas igualmente quem recebe deve trabalhar.


Fonte: Sinal Verde – Chico Xavier/André Luiz
imagem: google

2 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Denise
Se amamos e servimos, tudo dá certo...
Bjm fraterno

tesco disse...


Me surpreende essa mensagem.
Ainda não tinha reparado quanto me
comportei bem em ambientes de trabalho.
Talvez no item 'rebeldia' eu tenha
exorbitado um pouco, mas no geral, tudo be.
m incentivozinho, de vez em quando, é muito bom.
Obrigado, André Luiz!
Beijos.