- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


segunda-feira, 20 de julho de 2015

PAI SEMPRE

(Maria Dolores)
Alguém te disse, alma querida e boa,
Que os Espíritos Nobres
Nunca se valem de pessoa
Claramente imperfeita
Em tarefas de amor a Humanidade…
Por isso mesmo o escrúpulo te invade
E, receando a própria imperfeição,
Foges do privilegio de servir
Em que o Senhor te pede trabalhar
A fim de conquistar
O Celeste Porvir…

Reflitamos, no entanto,
Entre simples lições da Natureza:
A semente germina em lauréis de esperança,
Muita vez sob a lama ascorosa e indefesa;
A fonte não seria exemplo de bondade
Em que a vida enxameia,
Se recusasse deslizar
Sobre tratos de terra e laminas de areia…

Olha as flores do charco
Embalsamando campos e caminhos,
A rosa não desdenha florescer
Entre punhais de espinhos…
Pensa ainda conosco
Nas fraquezas e lágrimas que levas.
O Sol seria o Sol
Se fugisse das trevas?

Esquece pessimismo, acusação, censura,
Nada te desanime, ergue-te e vem…
Conquanto enferma e rude, mesmo assim,
Se te encontras na sombra, avança para a luz,
Sem desertar, porém, de servir com Jesus!
Vem cooperar no amor que devemos ao mundo
E entenderas, por fim,
Que só se vence o mal pelo serviço ao bem
E que a benção de Deus jamais nos desampara
Nem despreza a ninguém.


Fonte: Na Era do Espírito – Chico Xavier/José Herculano Pires
imagem: google

Nenhum comentário: