- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 6 de março de 2012

AGENDA MÍNIMA PARA EVOLUIR - Afetividade II


Apresentamos, assim, a afetividade como o primeiro ponto, o primeiro valor a ser considerado nesta agenda mínima, não só pelos atributos já identificados, mas também por fornecer conteúdo ou alicerce para os demais valores crescerem e se firmarem.
Mas como desenvolvê-la, já que isto é tão difícil?
O primeiro passo está em exercitá-la continuamente visando criar condicionamento. Quando conseguirmos estar sempre atentos para gerar afetividade, esse valor começará a fazer parte do nosso psiquismo e emoções. A grande dificuldade, no entanto, está em nos lembrarmos sempre desse propósito.
Para solucionar essa questão pode-se utilizar alguns recursos, inclusive lançar mão de benefícios da tecnologia, tais como:
1 – Programar o celular, o computador, ou um relógio para emitir algum som a cada meia hora e, sempre que escutá-lo, desenvolver um estado interior de afetividade.
2 – Colocar pequenos lembretes em alguns locais. Com um pouco de criatividade consegue-se isto facilmente.
3 – Adquirir um bracelete, um colar ou algo semelhante para, ao percebê-lo ou senti-lo, lembrar-se de exercitar afetividade.
Pode-se também estabelecer determinados momentos para exercitá-la, tais como, durante o banho e as refeições, à hora de dormir e antes de levantar. São momentos em que ocorre maior desligamento do corre-corre do cotidiano, facilitando a introjeção de amorosidade nos sentimentos.
Durante o banho pode-se mentalizar a energia da água a lavar também os resíduos energéticos negativos aderidos ao corpo espiritual. Em seguida desenvolver um sentimento de afeto pelos pés, as pernas, os quadris, lembrando o quanto eles são importantes. Da mesma forma, visitar com muito carinho o abdômen e o tórax com seus órgãos internos, e assim por diante até amar  todo o corpo, conscientemente. Depois, sentir amor pela própria alma, pelo espírito, por todo o ser.
E assim, envolvidos nessas vibrações de luz, direcionar essa sublime emoção para  o ambiente em torno; levá-la mentalmente a se espalhar em todas as direções, envolvendo nessa vibração tudo e todos, sem qualquer restrição.

(continua)


ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

6 comentários:

Maria selma disse...

Denise querida agradeço seu votinho só que no comentário ainda não apareceu só como seguidora....acho que demora um pouquinho para aparecer né,,,,um beijo gde pra ti
Eu e o Tigrinho ficamos felizes....

Dilmar Gomes disse...

Amiga Denise, gostei das tuas dicas.
Um abração.

Maria Lucia disse...

Belo e importante exercício para entrarmos em contato com a nossa própria essencia, não é mesmo Denise?
E somado a isso, exercícios no bem, em favor do nosso próximo, eu diria que teríamos um programa pra evoluir muito bem fundamentado.

Abraços fraternais, minha amiga!!

Tigre disse...

Vim agradecer seu votinho no concurso esconde esconde da amiguinha kika.
Amiguinha Mônica acho que você esqueceu de deixar dito no comentário que você vota em mim no numero 47,não apareceu....
è que se fugir a regrinha o votinho não é válido...
Estou seguindo seu blog...
Muito grato,au...au...(meu jeitinho de agradecer)
Tigre.

Milton Kennedy disse...

Oi Denise, que postagem leve, porém de uma profundidade... muito sugestiva a dica para exercitar a afetividade. Adorei.
Grande abraço, saúde e muita paz!

=D

Mari disse...

Querida amiga Denise, que maravilha estes textos!!
No livro "Horizontes da Mente", de João Nunes Maia, psicografado pelo espírito de Miramez, tem um capítulo que fala sobre o uso da água, e entendi o quanto ela é vital para nós. Entendi que um simples banho pode mos purificar e melhorar a nossa saúde.
Adorei as dicas!! Vou me esforçar para criar momentos de afetividade durante o dia, pois sei o quanto serei beneficiada com esta prática.
Tenha um ótimo dia!♥