- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quinta-feira, 29 de março de 2012

FÉ NA JUSTIÇA E PROVIDÊNCIA DIVINA


            Nossas reflexões nos convidam a ter uma atitude de responsabilidade diante da vida. Para isso é preciso parar de se lamentar ou se revoltar pelos infortúnios que acontecem conosco e buscar uma atitude construtiva de ação, em que se assume a vida com todos os seus desafios, tornando-a cada vez mais harmonizada e feliz.
            A vida sempre nos oferece, através da Providência Divina, abundância, mas muitas vezes, ao invés de ir em direção à abundância, ficamos a colher migalhas do banquete da vida e nos lamentar por isso, num processo de menosvaliza, devido à nossa baixa auto-estima, desprezando os recursos que Deus nos oferece. (Parábola do Festim de Bodas)
            Todos somos chamados pela Providência Divina a usufruir o banquete da vida e desprezamos, nos revoltamos contra o convite. São poucos aqueles que escolhem, por si mesmos, vestir a túnica nupcial para participar do grande festim.
            A túnica nupcial simboliza a fé e a confiança em Deus, autor do convite para o banquete. Para termos a abundância da vida é preciso confiar, é preciso fé. O caminho para que tenhamos essa fé é Jesus.
            O ser humano possui uma dualidade, ainda envolta com as sombras do ego, querendo vivenciar a luz da Essência. Sabemos que essa dualidade é transitória e tende para a unidade.
            Mas, enquanto o Ser Essencial não se afirma em seus esforços no amor e no bem, permaneceremos entre a crença e a incredulidade.
            No estado de ignorância moral em que ainda nos encontramos, isso é natural e explica o motivo pelo qual estamos envoltos pelas dificuldades já colocadas. A fé e a confiança serão desenvolvidas através de exercícios continuados em nós mesmos, especialmente nos momentos de testemunho.
            É claro que não basta dizer crer em Jesus com os lábios. A ajuda que Ele sempre nos oferece é servir de modelo, demonstrando todo o seu amor e que podemos fazer o mesmo que Ele fez.
            Podemos desenvolver em nós o imenso amor do qual Jesus é o maior exemplo para a humanidade. É esse o maior exercício que a vida nos convida, ter fé e confiança em nós mesmos, em nossa capacidade de amar, de perdoar, de evoluir até a plenitude do Ser, para, por nossa vez, ir até o nosso Pai de Amor e Compaixão, e ficarmos para sempre na Casa do Pai, formando um só rebanho com um só Pastor.

PSICOTERAPIA À LUZ DO EVANGELHO DE JESUS
            Alírio de Cerqueira Filho               

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more







Um comentário:

Maysa disse...

boa noite
Denise tudo em paz?
forte abraço
elisa