- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 20 de março de 2012

JUSTIÇA DIVINA


            Tudo o que nos acontece está relacionado ao nosso gênero de provas, ou a expiações pelas quais nos reeducamos, através da dor, para aprender a amar.
            Tudo o que nos acontece está dentro dos mecanismos da vida e concorre para a nossa evolução. Muitas pessoas se perguntam porque Deus permite as injustiças sociais?
            Deus supervisiona tudo o que acontece com todas as Suas Criaturas.
            Deus criou leis imutáveis e todas as vezes que as transgredimos, sofremos as conseqüências dessa transgressão, mas num mecanismo que as próprias leis da vida possuem de nos trazer de volta ao cumprimento da lei do amor, que dá origem a todas as outras leis Divinas.
            O responsável pelas injustiças é o próprio ser humano que, usando inadequadamente o seu livre-arbítrio, produz injustiças de toda ordem. Dentro do mecanismo da Lei de Causa e Efeito, percebemos que existem injustiças, mas não existem injustiçados, aqueles que estão sofrendo a ação das injustiças produzidas pelo próprio homem, estão incursos nos mecanismos das expiações.
            É claro que esse fato não isenta aqueles que estão produzindo as injustiças, da responsabilidade pelas suas ações. Quem está passando por uma situação de injustiça, está sofrendo conseqüências de atos praticados por si mesmo.
            A injustiça sofrida hoje, convida a pessoa a refletir sobre o abuso de ontem, levando-a a refletir que não se devem praticar injustiças contra outrem, pois estas geram sofrimentos acerbos para quem é submetido a ela. É o processo da reeducação pela dor. Todos esses processos acabem por ajudar a humanidade a evoluir.
            No universo só existe a unidade do bem, do bom e do belo. A dualidade bem/mal é apenas uma ilusão. O mal, o desamor, a sombra significam ausência transitória do bem, do amor e da luz.
            Tudo ocorre para a unidade. É por isso que Deus permite ao ser humano, na sua simplicidade e ignorância, seguir, se desejar. O caminho do mal, pois Ele sabe que esse mal não é permanente e que dele sempre surgirá o bem. Tudo que ainda há de mal na Terra, é necessário para que fortaleçamos a nossa posição no bem.
            Cada vez mais pessoas se levantam para o bem, a paz, a solidariedade e o amor sejam implantados no seio de toda a sociedade.
            São abalos morais que geram as revoluções sociais que ora estão em curso. Com o objetivo de transformação da Terra em planeta de regeneração.
            Mais cedo ou mais tarde, cada um de nós tomará consciência de si mesmo e todos nos levantaremos para ir ao encontro do Pai amoroso que nos receberá com muito amor e compaixão.

PSICOTERAPIA À LUZ DO EVANGELHO DE JESUS
            Alírio de Cerqueira Filho                

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

5 comentários:

Gi G. Albuquerque disse...

Oi amada...obg pelo lindo comentario...Eu tb adoro Lílas...e seus textos são uma Benção!...bjo e fica na paz!

Caroll disse...

Verdade.
A lei de causa e efeito sempre está presente seja nessa vida ou em outras. Tudo acontece para nossa evolução espiritual.
Abraços

Marlene disse...

querida Denise vim agradecer sua gentil visita e ler sua exelente post sempre edificante aprender um pouco mais obrigada minha amiga por este carinho amigo de sempre bjs com carinho marlene

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
De todo o coração eu venho o agradecer o carinho e apoio, o qual foi fundamental para que eu chegasse a final da 6º Pena do Ouro, na Ostra Poesia., no Blog da Lindalva.
Mais uma vez venho pedir a voce o seu votinho para a minha poesia.
Sentindo a Vida
Para votar
Clik no link
http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br/
Como votar
DIGITE O NOME DA POESIA E O LINK DO SEU BLOG
(é importante deixar o link para seu voto ser validado)
Desde já agradeço de todo o coração a seu apoio e votinho
Tenha um lindo dia coberto de muita paz e alegria
abraço amigo
Maria Alice

ValériaC disse...

É verdade Denise, não existem injustiçados. Não há vitimas de fato na vida, tudo o que nos acontece somos nós os responsáveis, os causadores, pois de algum modo, em algum momento, infringimos Leis Universais, que regem igualmente à todos, as quais cedo ou tarde, ninguém escapa, mas não exatamente como punição, mas como aprendizagem e lição. Tudo acaba promovendo evolução.
Beijos amiga,
Valéria