- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 13 de março de 2012

AGENDA MÍNIMA PARA EVOLUIR - Contentamento


O quarto ponto desta agenda também representa um estado de espírito. É o contentamento.
É importante, é fundamental, desenvolver os valores que nos tornam pessoas melhores, presenças benéficas. Mas como ficamos em nossa intimidade? O que fica faltando para alcançarmos a plenitude? Onde ela se encontra? Certamente está no coroamento dos valores da alma, no contentamento, que é a nossa vibração de vida.
Pense numa pessoa afetuosa, alteritária, que já tenha adquirido os valores da humildade, mas triste, desalentada, arrastando sua cruz vida afora. É como um pássaro de uma só asa. Como levantar vôo para novas conquistas espirituais, quando falta essa seiva de vida, o contentamento?
Os seres espirituais de elevada condição irradiam alegria. A sua presença infunde inusitado júbilo nas pessoas que possuem maior sensibilidade. È uma sensação maravilhosa de plenitude. Tudo se transforma em infinito contentamento, em puro júbilo que vibra em cada célula e em cada neurônio. É como se ficássemos “cheios de Deus”.
O contentamento, na verdade, é uma elevada aquisição que podemos ir conquistando passo a passo, aproveitando todos os momentos para senti-lo, desenvolvendo-o em nossa intimidade.
Há estados de espírito como a depressão, a tristeza e o desamor, que chamaria de falsos, por não se harmonizarem com a verdadeira natureza do ser e da vida. A natureza vibra a alegria de viver em sons, movimentos e formas. Por isso não devemos deixar prosperar estados de espírito falsos. Nos casos de depressão profunda é importante procurar ajuda na medicina, por se tratar de algo que foge ao controle da própria pessoa.
Um estado de espírito prazeroso pode ser desenvolvido. Podemos nos condicionar ao júbilo. Certamente não será fácil a quem já se habituou, até mesmo ao longo de várias encarnações, a carregar os pesos da vida nas costas.
Há pessoas sofredoras, com graves deficiências físicas, passando necessidades materiais de toda sorte, sofrendo humilhações, mas que se mostram sempre alegres, de bem com a vida. Também há outras que receberam da vida tudo que alguém pode desejar, mas são carrancudas, mal-humoradas, e vivem a se queixar.
As condições materiais certamente podem influenciar nossos estados de espírito, mas só até certo ponto. Num documentário sobre a felicidade, o Globo Repórter mostrou uma mulher muito pobre que trabalhava como ascensorista e mantinha sozinha a família com dois ou três filhos e mais um neto por chegar. Estava sempre sorridente e dizia-se muito feliz.
Se prestarmos atenção iremos sempre encontrar pessoas que “vivem no sub-solo da vida” mas estão sempre alegres.
É muitíssimo importante adotar o contentamento como estado de espírito eletivo. Basta exercitar-se em cultivá-lo, ficando atento para sempre “ver” o lado bom e belo da vida, desde as pequenas até às grandes coisas.
A alegria nos torna plenos, quando vibra alicerçado na afetividade, na alteridade e com humildade de alma. Diz o espírito Miramez que ela reveste todas as virtudes de luz.
Se não se quiser classificar o contentamento  como virtude, certamente ele representa uma “vitamina espiritual”, um elixir de vida, ajudando a torná-la plena.


(continua)


ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

3 comentários:

Ives disse...

Fenomenal a escrita, reconhecer a verdade é o primeiro passo p entende-lo tb! abraços

blog da Paraguassu disse...

Querida Denise,
Essa é a virtude que mais aparece, entre outras tantas que devemos eleger para nossa vida pessoal: o contentamento. As pessoas nem sempre estão de bem com a vida, seja por problemas que enfrentam, por doenças em si ou na família, enfim, por uma série de fatores. Porém, se a cada manhã, acordarem com um sorriso nos lábios, vendo e acreditando que em tudo sempre há algo de positivo, estarão exercitando o contentamento, ou seja, uma paz em si e dividindo-a com seus demais irmãos.
Adorei sua postagem. O texto é ótimo!
Muita paz em seu coração, amiga.
Beijo grande.
Maria Paraguassu.

Leonice disse...

Denise querida, estou acompanhando os post e estou aprendendo muito com essa agenda!
Gratidão amiga,Deus a abençoe.
Um carinhoso abraço.