- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sexta-feira, 6 de novembro de 2015

HONRARÁS A LIBERDADE

(Emmanuel)
Honrarás a liberdade, não para voltar às brumas do passado em cujos desvarios já nos submergimos muitas vezes, e que te impeliram a tomar novo corpo no plano físico, mas frequentemente para resgatar as consequências infelizes dos atos impensados.
Estimarás a liberdade para cultivar a consciência tranquila pelo exato desempenho dos compromissos que esposaste.
Muitos companheiros da Humanidade se farão ouvir, diante de ti, alinhando teorias brilhantes em se referindo a independência e progresso, quase sempre para justificar o desgovernado predomínio do instinto sobre a razão, como se progresso e independência constituíssem retorno ao primitivismo e a animalidade.
Ouvirás a todos eles com tolerância e bondade, observando, porem, as ciladas que se lhes ocultam sob o luxo verbalistico, a maneira de armadilhas recobertas de flores, e seguirás adiante de coração atento a execução dos encargos que a vida te reservou.
Sabes que a inteligência, quando se propõe desregrar-se no esquecimento dos princípios que lhe ditam comportamento digno, inventa facilmente vocábulos cintilantes, de modo a disfarçar a própria deserção.
Aceitaras o trabalho no grupo doméstico ou na equipe de ação edificante aos quais te vinculas, na produção do bem geral, doando o melhor de ti mesmo em abnegação aos companheiros que te compartilham a experiência, na certeza de que unicamente nas lutas e sacrifícios em que somos obrigados a viver e a conviver, uns a frente dos outros, é que conseguiremos a carta de alforria no cativeiro que nos aprisiona aos resultados menos felizes das existências passadas.
Orarás e vigiarás, segundo os ensinamentos de Jesus, e honraraás a liberdade qual ele mesmo a dignificou, amando aos semelhantes sem exigir o amor alheio e prestando auxilio sem pensar em recebê-lo.
Serás, enfim, livre para obedecer as Leis Divinas e sempre mais livre para ser cada vez mais útil e servir cada vez mais.


Fonte: Na Era do Espírito – Chico Xavier/José Herculano Pires
imagem: google

Nenhum comentário: