- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quinta-feira, 7 de abril de 2011

TEIA AMBIENTAL

Blogagem coletiva
Todo dia 7 de cada mes, será divulgado um artigo cujo tema seja proteção ambiental. Cuidar do planeta faz parte da Leis de Deus, portanto, enquanto espíritas, estamos entrando nessa corrente.
O BURACO NA CAMADA DE OZÔNIO
O buraco na camada de ozônio acima do Ártico chegou a nível recorde segundo informações da Organização Meteorológica Mundial divulgadas nesta terça-feira (5). A diminuição na camada acima da área chegou a 40% durante o inverno no hemisfério norte. O recorde anterior era de 30%.
Para a OMM, substâncias que destroem a camada de ozônio continuam a ser emitidas como o clorofluorcarbonetos (CFCs) - lançados na atmosfesta por extintores de incêndio, sprays e refrigeradores. Apesar de recorde, o número já era esperado pelos especialistas do órgão ligado às Nações Unidas (ONU).
A perda de ozônio na atmosfera também acontece sobre a região da Antártida. Mas segundo a OMM, os danos na região polar do hemisfério sul estão diminuindo com o tempo, com a recuperação da camada no local.

Proteção
A camada protege a superfície terrestre da exposição exagerada a raios ultravioletas, que podem causar câncer na pele, cataratas nos olhos e comprometer o sistema de defesa do corpo de humanos. Os danos também atingem outros animais e plantações.
A medição foi feita durante o inverno no hemisfério norte, que terminou durante o mês de março. Segundo a OMM, o frio excessivo na estratosfera - região onde fica a camada de ozônio - pode ser uma das causas para a diminuição recorde.
Quando a temperatura nesta parte da atmosfera - entre 10 a 50 quilômetros de altitude, acima da maior montanha da Terra, o Everest, com 8.849 metros de altura - fica abaixo de 78 graus Celsius negativos, o efeito nocivo na camada de ozônio acontece, já que nuvens se formam nas regiões polares e reagem com a camada.
O Protocolo de Montreal, estabelecido há 31 anos, havia combatido o uso de substâncias emissoras de CFCs, mas, para o braço meteorológico da ONU, a causa para a perda de ozônio ainda está ligada a atividades humanas que destroem a camada. O objetivo final do acordo é que os níveis de destruição da camada sejam menores do que eram em 1980.
Extraído do blog: http://momendereflexao.blogspot.com/

9 comentários:

RUTE disse...

Ainda lembro da época em que houve a retirada dos CFC nos desodorantes aerosol. Mas não tinha noção que fazia já 30 anos desde o tempo em que se falava com alarmismo do buraco do ozonio.

Hoje, que o buraco está maior nem se ouve falar mais nele! E os glaceares continuam descongelando... Valha-nos a arca de noé!

Beijinhos e obrigada pelo alertar a Teia Ambiental para esse tema. Fez muito bem recordar-nos do problema não resolvido!
Há que diminuir as emissões de CO2!
Falei disso, das emissões e do biogás neste post aqui.
Rute

orvalho do ceu disse...

Olá,
Nada mais alarmane do que essa decoberta tão antiga... porém pouco fizemos para melhorar uma situação que ainda pode se modificar ao meu ver com pequenos costumes bons que estão ao nosso alcance...
Abraços fraternos de paz

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Deniose querida,

Importantíssimo Tema abordado.
Como disse nossa irmã Rute, nunca mais se ouviu falar neste assunto.
O ser humano está dando prioridade a tantos acontecimentos ilusórios, que acabam se perdendo no que de fato é importante para o seu futuro e do nosso Planeta.
O Amor e a Preocupação com o Planeta que está dando a grande oportunidade de crescimento e evolução espiritual, deve estar na consciência de cada um.
Vamos pedir muito auxilio Divino para que seja tocada a Alma de toda a Humanidade.
Parabéns querida, pelo excelente alerta que não deve ser esquecido.
Um grande beijo em seu coração!!!

Flora Maria disse...

Muito boa sua abordagem, Denise, de um tema que ficou no esquecimento da mídia !

A dura realidade é que o Homem não quer abrir mão do que já adquiriu, mesmo que isso cause a destruição do planeta - melhor dizendo, da raça humana, pois o planeta continuará e se reconstituirá.

Muito bom ter você na nossa Teia Ambiental !
Beijo

Lina disse...

Ola, Denise!Cheguei com a teia e quando li o seu texto, verifiquei que há muito tempo não ouço falar sobre a camada de ozono, com informações como as que trouxeste. Quando um tema está na moda fala-se ate que se esgote e depois parece que perde a importância, o consumismo na informação. Obrigada por chamares a atenção. Vou voltar cá muitas vezes, pois a aprendizagem da doutrina espirita e para mim muito importante.
Beijinhos verdes

Lucinha disse...

Esse é um assunto muito sério!! A vida do nosso planeta! A NOSSA VIDA!!

Achei bem legal essa sua ideia de uma vez no mês falar sobre proteção ambiental. É bom sempre tocar neste assunto para não esquecermos que somos responsáveis pela Terra.

Beijo

Boa noite
Fique com DEUS

soninha disse...

É sempre muito bom lembrar o que podemos fazer para evitar danos ao planeta.abçs

Aprendendo a falar de Amor disse...

O $$$ MANDA NOS MUNDO DE PESSOAS PUERIS...INFELIZMENTE...

Bel Rech disse...

Oi, vim te visitar pela blogagem coletiva..muito interessante esse tema..Paz e bem