- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sexta-feira, 10 de agosto de 2012

AS LEIS NATURAIS - LEI DE ADORAÇÃO


                Em todas as épocas, todos os povos praticaram, a sua modo, atos de adoração a um Ente Supremo, o que demonstra ser a idéia de Deus inata e universal.
                Com efeito, jamais houve quem não reconhecesse intimamente sua fraqueza, e a conseqüente necessidade de recorrer a Alguém, todo-poderoso, buscando-Lhe o arrimo, o conforto e a proteção, nos transes mais difíceis desta tão atribulada existência terrena.
                Tempos houve em que cada família, cada tribo, cada cidade e cada louvor o fogo divino ardia constantemente na lareira ou nos altares dos templos que lhes eram dedicados.
                O monoteísmo, depois de muito tempo, impôs-se, afinal, ao politeísmo, e seria de crer-se que, com esse progresso, compreendendo que o Deus adorado por todas as religiões é um só, os homens passassem, pelo menos, a respeitar-se mutuamente, visto as diferenças, agora, serem apenas quanto à forma de cultuar esse mesmo Deus.
                Não foi tal, porém, o que sucedeu. E os próprios cristãos, séculos pós séculos, contrastando frontalmente com os piedosos ensinamentos do Cristo, empolgados pelo fanatismo da pior espécie, não hesitaram em trucidar, a ferro e fogo, milhares e milhares de hereges e infiéis, para maior honra e glória de Deus! – como se Aquele que é o Senhor da Vida pudesse sentir-se honrado e glorificado com tão nefandos assassínios.
                Atualmente, bastante enfraquecido, o sectarismo religioso começa a derruir, o que constitui prenúncio seguro de melhores dias, daqui para o futuro.
                Acreditamos, mesmo, que, muito breve haveremos de compreender que todos, sem exceção, somos de origem divina e integrantes de uma só e grande família. E posto que Deus é Amor, não há como adorá-Lo senão amando-nos uns aos outros.

Do Livro: As Leis Morais – Rodolfo Calligaris


x_3c9af6bf




Hoje fui contemplada com esse lindo selinho pelo blog Espiritual-Idade, que está em festa pela comemoração do seu 3º aniversário. Sua criadora fez a seguinte pergunta aos participantes: o que é ser espiritual para você?  Cada participante ganhou um selinho com sua resposta. É interessante ver as diferenças e semelhanças em relação às opiniões, que estão sendo postadas a cada dia. Uma ideia muito interessante.
Confiram no blog: http://www.idade-espiritual.com.br/

3 comentários:

Orvalho do Céu disse...

OLá, querida Denise
São esses pequenos detalhes que fazem a diferença por aqui do mundo real...
São os bons momentos que aqui vivemos e a consideração dos amigos virtuais que nos enriquecem o espírito...
Vc sempre me incentivando com os seus comentários e hoje esse mimo lindo...
Já já, postando nos MCS...
Deus te cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
Bjs festivos de paz

Esplendor da Criação disse...

Olá Denise!
Parabéns pela participação, a busca da espiritualidade é sempre um crescimento em nossa vida. E o aprendizado como vemos é o caminho. Um texto muito interessante,lei da adoração, nos mostra que temos necessidade de buscar e encontrar Deus! Bjs, Ieda

Dilmar Gomes disse...

Realmente amiga Denise, incompreensível atitude essa de matar de nome de Deus, somente, seres atrasados espiritualmente, como já fomos, para agir daquela forma. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.