- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


segunda-feira, 16 de junho de 2014

BENEFÍCIO DO ELOGIO

                A reclamação ocupa o espaço que o elogio deveria ocupar.
                Observando a personalidade do queixoso, iremos verificar uma outra característica importante, tanto quanto determinante, a seu estado de queixas: a falta de elogios às pessoas que estão à sua volta.
                Por uma questão de fácil entendimento, quanto mais nos queixamos menos conseguimos ver o lado bom da veda e das pessoas e, desta forma, vamos ficando paralisados no que tange a manifestação de elogios e a valorização de tudo. É como se esfriássemos por dentro. Não temos     nem vontade e nem coragem de elogiar as pessoas e, como na ausência da luz a escuridão se apodera, a vida vai ficando sombria e triste e passamos a expor uma visão tétrica da vida.
                A partir de agora, aquele que verdadeiramente desejar implantar a si uma terapia antiqueixa, deve adotar esta difícil tarefa diária: elogiar!
                Não interessa o que ou a quem, mas devemos elogiar todos os dias alguma coisa ou pessoa. Contudo, para início de tratamento onde cada um é seu paciente e seu médico, institua três elogios por dia, todos os dias.
                Sei que parece fácil, mas coloque em prática para sentir.
                Três elogios por dia, todos os dias. Fale do dia, das cores, do nosso país, da roupa das pessoas, do cabelo das vaidosas, da inteligência dos intelectuais, da inocência das crianças e tudo mais. Importante neste processo é não avaliar se as pessoas merecem ou não seu elogio mas, sim, elogiar, afinal quem está em processo de terapia é você!
                No começo as pessoas acham estranho mas não desista, afinal, somos estranhos em tanta coisa. Uma razão a mais ou a menos não mudaria nada.
                Prossiga! Elogie e logo sentirá a vida lhe responder à altura através do acaso ou do universo das sensações que nos conduzem as ondas do equilíbrio e da satisfação.
                Por não ser algo natural em você, anote em algum lugar visível o lembrete:
                “Três elogios por dia, todos os dias”.
                É fundamental para abandonarmos o vício da queixa  aprendermos a ver e a valorizar o que é bom, ou o que nem é bom mas pode ficar se for estimulado.
                Além do benefício pessoal, ao elogiar as pessoas as estimulamos a serem melhores e a elogiarem também. É o contágio do bem! O elogio faz com que todos se sintam valorizados, alimentando a autoestima, proporcionando bem estar.
                Neste ponto, a satisfação do elogio, tanto feito como recebido, auxilia a instalação da paz uma vez eu evidencia o bem.
                Desta forma, insira em seu comportamento esta nova postura. Insista e logo verá esta valorosa ferramenta agregada ao seu patrimônio de valores pessoais, afinal, quando Jesus foi identificado como O Consolador, era porquê para todas as situações da vida humana, Ele sempre tinha uma visão positiva e estimulante!


Do livro: Terapia Antiqueixa – Roosevelt Andolphato Tiago
imagem: blogandosobreavida.blogspot.com

2 comentários:

Ilca disse...

Oi Denise,
Mais um texto oportuno e valioso!
Maravilhosa escolha!
Obrigada por partilhar.
Um beijo. Boa semana!

tesco disse...

Raramente dirijo reclamações, até que não sou muito exigente.
Mas, reparo agora, nunca faço elogios!
Já é tempo (ou ainda é tempo) de reparar esse defeito.
Vou começar agora:
Excelente blog este, é ler e aprender!
Beijos.