- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

LIBERAÇÃO I

                As cargas mentais negativas possuem a nefasta força de desorganizar as engrenagens psicológicas e físicas do ser. Acostumando-se-lhes, será necessário ingente esforço para destrinçá-las, nos sutis emaranhados dos campos de energia geradora da vida.
                Recordações desagradáveis, pensamentos perturbadores, ideias viciosas, frases deprimentes do ontem ressumam como necessidades de queixas, ressentimentos guardados, iras conservadas, depreciação de si mesmo, desamor, num conjunto de ingredientes destrutivos, que terminam por desorganizar o ser que se lhes permite vitimar.
                Não se pode evitar o haver nascido em um lar agressivo, entre pessoas hostis, sob injunções morais e socioeconômicas penosas. Tal acontecimento faz parte do passado e a lamentação somente o complica, em vez de eliminá-lo.
                Submeter-se às reminiscências deploráveis torna-se uma forma de infeliz masoquismo, que vitaliza o que não se tem como eliminar, embora os recursos de que se dispõe para sobrepô-las e esquecê-las.
                Toda vez que alguém se apoia à autocompaixão diante do insucesso da existência planetária, acomoda-se ao sucedido e preserva-o por conformismo. Faz-se, então, inadiável, a decisão para ser feliz, revertendo o ocorrido.

Fonte: MOMENTOS DE SAÚDE E DE CONSCIÊNCIA
Divaldo P. Franco/Joanna de Ângelis
imagem: google       

Um comentário:

Élys disse...

Uma página , como sempre muito útil e de grande sabedoria;
Um abraço.