- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sexta-feira, 13 de maio de 2016

INSATISFAÇÃO E UTOPIAS II

                Aprofunda-te no autoconhecimento, redescobrindo-te.
                És conforme te elaboraste na sucessão do tempo.
                As tuas matrizes encontram-se no passado espiritual que não mais alcançarás. Entretanto, mediante novos comportamentos alterarás o ritmo e as ocorrências da vida.
                Examina-te e tem a coragem de enfrentar como te encontras, elaborando paradigmas e propostas reais que conseguirás alcançar.
                A fuga de ti mesmo não leva a lugar algum, porquanto jamais te dissociarás da tua realidade.
                Inicia um programa de autovalorização analisando os fatos, conforme mereçam, ou não, consideração.
                A nada, a ninguém culpes pelo que consideras insucessos.
                A pessoa irresponsável, quando não se esforça para alterar o que pode ser modificado, transfere a responsabilidade para as circunstâncias que acredita más, para as pessoas, ou culpa-se a si mesma, preferindo a queixa e a comiseração ao esforço profícuo. O tempo, o lugar, a sociedade, o governo, a inveja alheia, a competição malsã, a má sorte ou a fraqueza são os ingredientes para justificar a acomodação, o falso sofrimento de que se diz objeto.
                Ruma na direção das estrelas.
                Impõe novos conceitos à vida e trabalha por vivenciá-los de forma edificante.
                Quem tem piedade de si mesmo, nega-se a receber ajuda do seu próximo.
                O insatisfeito, além de ingrato, é rebelde e preguiçoso, que prefere as sombras da reclamação e do atraso, às claridades do progresso libertador.
                Não te permitas utopias existenciais, partindo para a conquista de realizações legítimas.

Fonte: MOMENTOS DE SAÚDE E DE CONSCIÊNCIA
Divaldo P. Franco/Joanna de Ângelis  
imagem: google      

Nenhum comentário: