- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quarta-feira, 25 de setembro de 2013

EUTANÁSIA DE ANIMAIS

Um cão sacrificado sofre muito com esse procedimento e como é a vida espiritual dos animais?
            Quando um animal sofre muito em função de alguma enfermidade degenerativa que não poderá ser curada co os meios terapêuticos disponíveis e o sofrimento já se configurou como algo insuportável, o melhor é a eutanásia, que é uma conduta terapêutica que visa aliviar o sofrimento. Por meio dela são feitas aplicações de substâncias que provoquem uma parada respiratória e cardíaca. No entanto, isso somente é feito após a aplicação de um sedativo potente que desconecte a consciência do animal da realidade, para que não sofra no momento em que a substância letal esteja agindo. Esse procedimento apenas pode ser feito por um médico veterinário, da maneira mais adequada e para que não haja sofrimento ao animal. O animal e o médico que age nesse sentido nunca estão sozinhos. Sempre há uma equipe espiritual acompanhando os procedimentos de eutanásia visando a um retorno tranqüilo dos animais ao mundo espiritual, onde serão preparados para a nova experiência que se seguirá, em outra reencarnação que lhe será oferecida.
            Uma vez entrando na dimensão espiritual, são assistidos de perto e acompanhados com toda a atenção possível, e seu retorno poderá ocorrer rapidamente ou não.
            O espírito não sente dor nem sofre como sofria quando encarcerado no corpo físico. Estando livre do físico, a recuperação da saúde é imediata.


Fonte: A Espiritualidade dos Animais – Marcel Benedeti


x_3c9af347

3 comentários:

Claudia disse...

Interessante este tema...desconhecia! abraços e até mais!

tesco disse...

Infelizmente já tivemos dois casos aqui em casa e, decerto ocorrerão outros, poisa companheira abriga atualmente seis cães!
Claro que considero isso um exagero, principalmente levando-se em conta que parte da despesa poderia ser feita com irmãos humanos.
Mas, livre arbítrio é isso.
eijos.

Gina disse...

Saber disso faz toda a diferença. Se o procedimento ocorre dessa forma, de certa maneira ameniza o sofrimento da perda.
Bjs.