- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


domingo, 4 de maio de 2014

ANSIEDADE II


              As situações calamitosas que imaginamos apenas se materializarão, se as dramatizarmos constantemente. Se imprimirmos com pensamentos trágicos os fatos e acontecimentos da vida, ele assumirão proporções que não tinham a princípio e, realmente, se tornarão realidade. Criaturas trágicas atrairão certamente a tragédia.
                Crer com firmeza que Deus nunca erra e sempre está se manifestando e se pronunciado em tudo e em todos será pempre um método feliz de se despreocupar. Crer que Ele está sempre disposto a nos prover de tudo o que necessitamos para nosso amadurecimento espiritual é o melhor antídoto contra a ansiedade e os excessos de imaginação dramática.
                Acreditar que a vida é perfeita e que nada existe que não tenha uma razão de ser nos conduzirá sempre ao discernimento de que tudo está certo de maneira inequívoca e absoluta. Mesmo quando estamos iludidos pelos aspectos exteriores das coisas, pela falta de fé, pelos exageros de qualquer matriz, ainda assim a Vida Providencial nos levará a um só rebanho e um só Pastor.
                Lembremo-nos, porém, de que a imaginação serve para criarmos quadros de alegria, beleza, progresso, amor. No entanto, se a estivermos usando para produzir tristeza, ansiedade, abandono, medo e desconfiança, o melhor a fazer é interromper o negativismo e mudar o estado mental.
                Cada um transita pelo caminho certo, na hora exata, de acordo com seu estado evolutivo. Não há com que nos preocuparmos; tudo está absolutamente correto, porque todos estamos amparados pela sabedoria providencial das Leis Divinas.


Do livro: As Dores da Alma – Francisco do Espírito Santo Neto/Hammed
imagem: nsrnews.com.br

2 comentários:

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Denise li o 1 e o 2, e adorei, eu tenho um mentor da Umbanda que diz que o ser humano produz suas próprias macumbas através de suas negatividades,bjos Luconi

tesco disse...

Sim, se a justiça divina nunca erra, pra que preocupação excessiva?
O que não podemos deixar de fazer é nos mantermos ocupados, o resto é "intriga da oposição"!
Beijos.