- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

PERDÃO AOS OUTROS



            É conseqüência do autoperdão. Quem é extremamente rigoroso consigo mesmo, julgando-se, condenando-se e punindo-se, também o faz com os outros.
            O julgamento que fazemos é fruto das máscaras que carregamos, pois julgamos segundo a aparência, com a nossa visão equivocada de que todo erro merece julgamento e condenação, ao invés de reparação. Quando entramos nesse movimento de julgamento, condenação e punição, ficamos entregues às tormentas dos sentimentos egóicos, até que nos disponhamos a julgar segundo a reta justiça. Esse julgamento reto é feito observando-se os erros a partir da compaixão, filha dileta do amor presente em nossa Essência, dando oportunidade a quem erra, a reparar o seu equívoco.
            A compaixão leva a compreender a ignorância de quem erra e permite que o erro seja reparado. É assim que Deus nos trata, com profunda compaixão, nos permitindo a bênção das várias vidas sucessivas, para repararmos todos os nossos erros, até alcançarmos a perfeição relativa e O compreendamos em espírito e verdade. O sentimento da compaixão nos leva a tratar os outros, como gostaríamos de ser tratados.
            O sentimento de compaixão nos leva a aceitar os outros como são, com suas qualidades essenciais e com seus defeitos egóicos, e a compreender que os seus erros, por se originarem no ego, são fruto da ignorância, assim como em nós. Esse pensamento nos aproxima dos outros, nos coloca no mesmo patamar de humanidade, nos possibilitando o perdão aos outros, assim como o autoperdão.

Do livro: PSICOTERAPIA À LUZ DO EVANGELHO DE JESUS
            Alírio de Cerqueira Filho                         

Glitter Symbols - ImageChef.com

3 comentários:

soninha disse...

Oi linda! Tive ânimo porque estou carente destas mensagens. Já tive depressão três vezes, estou fazendo o desmame da medicação e agarrada em Deus e nos Bons Espíritos a fim de viver um dia de cada vez com dignidade e amor.Os textos são maravilhosos.Tenho muitos livros espíritas e leio muito.Muita paz a ti.

Anne Lieri disse...

Denise,que msg mais linda!É isso mesmo:perdoando a si mesmo,conseguimos perdoar facilmente o outro!Adoro seus textos,sempre tão reflexivos e profundos!Bjs,

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Denise
"É assim que Deus nos trata, com profunda compaixão"...
Trata a todos como gostaríamos de ser tratados...
Linda reflexão de equilíbrio e paz profundos...
Ótimo fim de semana.