- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sábado, 7 de janeiro de 2012

ÂNSIA DE SABER


Ante a volumosa massa de informações que chegam ao teu conhecimento a cada instante, afliges-te porque gostarias de poder absorvê-las ao máximo, tornando-te bem mais esclarecido e  conhecedor das ocorrências que têm lugar no planeta.
            Em realidade, grande número dessas notícias é constituído de tragédias e de vulgaridades, de notícias insensatas e mexericos entre pessoas que brilham sob os holofotes da fama, nas mais variadas colocações.
            É verdade que labores de engrandecimento cultural e moral, científico e filosófico, novas conquistas da tecnologia e maravilhosos conhecimentos a respeito da vida, do planeta, do cosmo são trazidos a lume, fascinando as mentes e os corações.
            Nada obstante, como afirma velho ditado popular: não se pode abarcar o mundo com os braços, e os limites naturais, em razão das circunstâncias, não o permitem.
            Há prioridades na existência humana que não podem ser postergadas, e aquelas que dizem respeito à autoiluminação destacam-se tomando o tempo e preenchendo os espaços emocionais.
            O saber é muito importante no processo de desenvolvimento do espírito, facultando-lhe a aquisição da cultura que proporciona entendimento das incógnitas existenciais, dos fenômenos psicológicos, atendendo a ânsia natural para conhecer sempre mais. No entanto, não menos importante é a aplicação desse conhecimento, a fim de que não se transforme o indivíduo em uma fonte  de sabedoria que permanece adormecida, sem alcançar a finalidade para a qual existe.
            Aplicar o conhecimento adquirido na vivência diária é o objetivo essencial das informações que se acumulam, a fim de que possam tornar a existência mais dinâmica e, ao mesmo tempo, rica de valores emocionais.
            Nesse mister, todo o esforço para a conquista dos tesouros íntimos deve ser empreendido, descobrindo-se quem se é, de onde se veio e para onde se ruma, de maneira que a renovação ética e emocional sempre para melhor se faça incessantemente.
            O conhecimento liberta, mas a ação correta dignifica.
            O conhecimento dá confiança, no entanto a experiência resulta da prática daquilo que se sabe.
            Quando não se vivenciam as lições da sabedoria, de maneira alguma ocorre o desenvolvimento do espírito, que permanece lúcido e inútil.
            Desse modo, não te aflijas pelo que desconheces, mas rejubila-te pelo que sabes e aplicas na vivência de cada momento, tornando-te alguém capaz de modificar as estruturas arcaicas do mundo através da tua própria transformação moral edificante e abençoada.
            De alguma forma, a sociedade está referta de pessoas-bibliotecas, refugiadas nos gabinetes de estudos e pesquisas, distantes das necessidades humanas que as solicitam.
            Escondem-se par mais intelectualizar-se, evitando a convivência com os sofredores que as necessitam.
            Cultivam, dessa maneira, o narcisismo asfixiante, transformando-se em expoentes do saber, indiferentes, no entanto, com os problemas que assolam a sociedade.
                           
Do livro: Entrega-te a Deus     
Divaldo Pereira Franco/Joanna de Ângelis

Glitter Symbols - ImageChef.com

11 comentários:

Vânia de Santana disse...

Boa tarde, querida Denise. Passando para prestigiar seu blog. Muita luz... beijkas, Vânia

Vânia de Santana disse...

Aguardo sua visita aos meus blogs espíritas http://souespiritaconscienciaespirita.blogspot.com/ e http://palavrasempoesiasespirita.blogspot.com/

Um abraço fraterno e beijos de luz, Vânia

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Sabe eu vivi pela Graça de Deus a experiência de Francisco de Assis Teresa de Calcutá... em muito menor parte... claro!!!
Mas foi inesquecível!!! Deus é marvilhoso conosco!!!
Bjm de paz

@ Escritora disse...

Olá,

Gostei do seu blog, adorei o texto, por aqui estou...

Saudaçoes

Flora Maria disse...

Oi, Denise:

Coloquei seu blog na relação dos participantes da Teia Ambiental.
Essa relação está na lateral do meu blog e a cada dia 7 as pessoas podem procurar nesses blogs suas postagens ambientais.

Feliz 2012 para você !
Beijo

Dilmar Gomes disse...

Pois é, amiga Denise. Este é um dos problemas do nosso mundo, a não colocação do conhecimento a serviço dos necessitados.
Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

Carlos Varoli disse...

Denise querida, que linda matéria. Conhecimento e experiência são as ferramentas mais importantes em nossa caminhada evolutiva.
Que pensar daquele que só estuda e não pratica?
Que pensar daquele que só tem contato com coisas puras e santas? Poderá ele ser caridoso se não conhecer as dores, lutas, vícios e dramas da vida?
Jesus foi o maior exemplo de perfeição que encarnou na Terra e viveu entre todos os tipos de seres encarnados amando, socorrendo e instruindo sem distinção de classes.
O Cristo agiu como o raio de luz que entra no lodo levando sua “luz” sem se contaminar.
Que você tenha um belo domingo e uma semana de luz e alegrias.
Beijos,
Carlos espírita

Anne Lieri disse...

Denise,linda e edificante msg!O conhecimento sem a pratica fica mesmo vazio!Vamos sempre buscar a ação para aprender a amar!Bjs e meu carinho!

SONINHA disse...

Denise querida!
Texto maravilhoso!!
Entre outras coisas, destaco:
"O conhecimento liberta, mas a ação correta dignifica."
Beijocas, amiga!

Zilda Santiago disse...

Ótimo texto!!!O livro além de ser bom é mt bonito.Bjs amiga

Diario De Uma Bruxa Inconformada disse...

Olá Denise!
Adorei seu blog... adoro o Espiritismo!!
Já sou seguidora!!
Obrigada por comentar no meu blog... essa fala do inesquecível Chico é uma das que mais gosto... "Embora não possamos voltar atrás e fazer um novo começo, podemos começar agora e fazer um novo fim!"
estou mesmo precisando...
Bjos e muita Luz!
Tandorí.