- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 5 de agosto de 2014

FELIZES, SOMENTE OS BONS IV

                Adotar uma terapia antiqueixa significa, acima de tudo, estabelecer um acordo consigo mesmo, íntimo e desafiador. Não precisamos propagar ou dividir com ninguém e, pela dedicação, atingiremos este estado de espírito identificado como paz!
                Em verdade, toda felicidade é espiritual, afinal, como espíritos. Aquilo que é transitório nunca fará feliz aquele que é imortal. É no espírito que se encontra a gênese de tudo o que ocorre.
                 Trabalho da terapia própria apenas pode ser entendido com a insistência motivada pela vontade real de ser livre. Você merece ser dono de si e, desta forma, sentir-se integrado ao universo no grande plano que conduz tudo e todos ao progresso.
                Mesmo fora do campo da filosofia espírita, os apontamentos são os mesmos. Albert Einstein nos oferece o mesmo pensamento, com a propriedade de quem mergulhou profundamente na ciência: “Se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas nem as coisas.”
                Neste caso, a meta é a determinação de substituir a fragilidade da queixa pela fortaleza da aceitação do que nos ocorre, se não nos for possível entender.
                Somente pode decidir ser feliz aquele que tem domínio da própria vontade, que conduz a própria vida, no lugar de ser conduzido pelos acontecimentos e situações.
                Por fim, relembramos Allan Kardec, na Revista Espírita que afirmou: “A felicidade depende das qualidades próprias do indivíduo e não do estado material do meio em que se acha.”
                Abandonemos definitivamente a queixa, afinal, se somos filhos de Deus temos que, em nossas atitudes, mostrar traços de caráter que comprove esta paternidade.


Do livro: Terapia Antiqueixa – Roosevelt Andolphato Tiago
imagem: valdnan.blogspot.com

Um comentário:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Denise
Tenho procurado me manter serena e feliz... 'apesar de'...
Seu post vei o renovar o meu pensamento atual...
Bjm fraterno de paz e bem