- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 19 de agosto de 2014

VIVER VALE A PENA I


                          Viver vale a pena e muitas vezes existe dificuldade de entender isso porque, mesmo a vida sendo uma escola, ela obedece regras próprias. Enquanto que na escola aprendemos a lição e depois temos a prova, na vida ocorre algo paradoxal. Primeiro fazemos a prova e depois aprendemos a lição.
                Desta forma, devemos manter a calma diante dos acontecimentos que, vividos hoje, ficam justificados somente amanhã. Dentro desta proposta, é ideal mantermos uma postura digna diante de qualquer acontecimento, sem entregar-se aos gritos ou desespero. É sempre a postura mais adequada a ser adotada.
                Possuir a característica da não queixa diante das adversidades vividas, expressa amadurecimento moral em plena fase de desenvolvimento. Esta postura apresenta a seu possuidor uma visão dilatada da vida, o que favorece a compreensão do que passamos tornando-nos, assim, melhores.
                Não queixar-se é a evidência da bondade de um homem, afinal, é bom a não rebeldia diante dos acontecimentos. Qualquer comportamento fora disso, gera dor e abatimento moral, comprometendo a vida posta a nossa frente.
                Abandonemos tudo o que nos diminui, esquecendo dores do passado pela proposta do futuro. Quando mantemos algo que nos serve de lamentação é por que, no futuro, não idealizamos nada de grande e que valha a pena conquistar.
                Ficamos sempre ressentidos fixados em situações infelizes que nos escravizam em nós mesmo. Porém, analisando a palavra ressentimento, teremos  “re-sentimento” ou seja, sentir de novo, renovar algo que nos faz mal e quem está comprometido com a vida, não pode permanecer paralisado negligenciando com o futuro.


Do livro: Terapia Antiqueixa – Roosevelt Andolphato Tiago
imagem: hospitalhacos.blogspot.com

4 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Pois é amiga Denise, sabemos que é muito difícil manter a serenidade diante do reveses, quando estes surgem no nosso caminho, mas agora também sabemos que se não conseguirmos manter a serenidade, que pelo menos entendamos que tais eventos nada mais são do que os resgates assinalados na nossa agenda.
Um abraço. Tenhas uma tarde abençoada.

Élys disse...

Ter ressentimentos, não esquecer, viver se queixando, só faz mal ao espírito.
Beijos,
Élys.

Ghost e Bindi disse...

Manter-se acima da rotina, visualizando a alma como uma observadora, nos vendo como personagens de uma peça cujo diretor nos oriente sempre. Estamos seguros nos braços dos anjos e de Deus.

Ghost e Bindi

tesco disse...


Nem sempre, porém, a inversão lição/prova acontece.
Muitas vezes o que ocorre mesmo é falta de atenção
de nossa parte
Beijos.