- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 8 de outubro de 2013

EUTANÁSIA DE ANIMAIS

O que fazer quando aparece um animalzinho doente, sofrendo em fase terminal. Pode ser feita a eutanásia ou não, segundo a visão espírita?
            Para os animais não é levada em grande consideração a lei de causa e efeito como é para os seres humanos.
            Para nós é importante que vivamos cada segundo até o derradeiro, mas para os animais essa lei não exige deles retratações e pagamento de dívidas porque eles são como crianças. Não podemos cobras de uma criaça a atitude ou responsabilidade de um adulto. Os animais vivem no mundo físico para adquirir experiências de vida que contribuam para essa evolução e como eles não possuem tais débitos elevados com aquela lei, a eutanásia, quando os animais estão passando por casos extremos de sofrimento, não havendo como se recuperar dessa dor, tendo sido tentados todos os meios conhecidos e possíveis de amenizar-lhe tal sofrimento, é um método terapêutico. Interrompemos uma vida de sofrimento para que renasçam em um novo corpo sadio e completo para retomar as suas experimentações.
            A eutanásia já está nos planos dos espíritos superiores que cuidam dos animais e que a incluem como meio de aliviar-lhes os sofrimentos.


Fonte: A Espiritualidade dos Animais – Marcel Benedeti


x_3c9af347

2 comentários:

Ives disse...

Fico aliviado com esse texto, pois acabo de interromper a vida da minha amiguinha! abraços

Élys disse...

Evitar o sofrimento do animal com a eutanásia é ajudá-lo a evoluir mais rapidamente,pois terá novas oportunidades em um novo corpo.