- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sábado, 5 de outubro de 2013

VOCÊ NÃO É VÍTIMA II

              
                Quantas vezes, após pedir a proteção do alto,rezar, confiar, acabamos por achar que as preces nada valem, que Deus não as ouve ou, se as ouve não nos dá atenção porque não nos atende ou responde?
                Incrédulos é o que somos! Insensatos! Deus está sempre a velar por nós, está sempre ouvindo as nossas solicitações, dando-nos respostas, porém, tais respostas nem sempre vêm na forma que desejamos, que esperamos, mas na forma de que precisamos e sempre contando com nossa sensibilidade de perceber a vida à nossa volta.
                Na verdade não sabemos pedir. Não sabemos confiar e esperar. Valorizamos demasiadamente as coisas materiais, que para a nossa ascensão espiritual nada representam, apenas significam uma experiência a mais em nosso universo material.
                Noventa por cento de nossos pedidos visam as questiúnculas de ordem material. Aprendamos a pedir mais humildade, mais tolerância, mais docilidade e seremos atendidos. Conquistando estas situações, a posse do necessário será inevitável.
                Na presença da dor imploramos ao Pai que a afaste de nós, todavia, é a dor um sinal de alerta. Um sinal amarelo que diz: “o que você está fazendo é errado”.
                A revolta que há em você diante das dificuldades da vida é uma barreira de trevas bloqueando a passagem da luz da esperança e da razão. Vigie seus pensamentos pois eles são criações que se tornarão realidades com mais ou menos tempo.
                Seja mais caridoso, compreenda mais sem exigir tanto a compreensão dos outros. Olhe para seus próprios vícios e defeitos antes de criticar o de seu semelhante, afinal, isto é prática saudável e inteligente.
                Quantas vezes nos revoltamos por algo ruim que nos acontece? Por que a revolta se ela sempre representa falta de confiança em Deus?
                Porque não confiamos plenamente Nele e as Sua justiça, porque somos demasiadamente orgulhosos e egoístas, porque desconhecemos a lei de causa e efeito, ação e reação, porque esquecemos que aqui estamos para progredir principalmente em Espírito, que em realidade é o que somos.


Do livro: Terapia Antiqueixa – Roosevelt Andolphato Tiago


x_3c9af347

2 comentários:

Marlene disse...

BOM DIA DENISE QUERIDA PASSEI PARA MATAR SAUDADES DESCULPE A AUSENCIA ESTIVE SEM COMPUTADOR VIM LER ESTAS MENSAGENS LINDAS E DEIXAR UM ABRAÇO LINDA SEMANA PARA VOCE BJS MARLENE

tesco disse...

Pois é, estamos "imersos nos ventos das graças de Deus, só precismos ajustar nossas velas", como disse Ramakhrishna.
A ingratidão parece ser a marca do homem, mas é apenas ignorância.
Mas, tudo flui!
Beijos.