- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 19 de abril de 2016

ANIMAIS E ENERGIAS

Pergunta - Meu cachorrinho morreu. Sei que o espiritismo é uma doutrina de consolação, mas até mesmo em relação aos animais há como me consolar?
Resposta - Uma pessoa nos contou sobre um caso envolvendo Chico Xavier e seu cão. Ele tinha em sua casa cerca de cem animais, entre cães e gatos. Nesta grande família que vivia sob seus cuidados havia um preferido. Seu nome era Dom Pedrito. Era um cão sem raça definida, muito brincalhão e simpático que o distraía com suas peripécias. Certo dia, Dom Pedrito distraiu-se e saiu para o meio da rua sem perceber que um automóvel vinha em sua direção. Não tendo tempo de desviar do veículo, chocou-se com ele e desencarnou rapidamente.
         O médium, ao receber a má notícia, entrou em depressão e adoeceu. Seu abatimento foi tal que se acamou por várias semanas. Os amigos vinham visita-lo, tentando animá-lo.
        Foi necessário que o tempo passasse para sair desta fase, mas ele não esquecia o amigo desencarnado. Depois de algum tempo, o amigo espiritual Emmanuel manifesta-se para ele e avisa que um cão o seguia, quando ele andava por uma via pública e explicou que era o Dom Pedrito que retornara ao lar.
      Chico, feliz, recolheu o cão e voltou para casa onde encontrou um amigo a quem relatou o ocorrido. Segundo este amigo, Chico explicou que era a quinta vez que o Dom Pedrito voltava para ele.
       Veja, se Chico Xavier com toda sua compreensão da espiritualidade sofreu com a perda de um amigo animal, que já tinha retornado antes para ele quatro vezes, não se sinta diferente por sofrer com uma separação traumática como é a desencarnação.
            Mas tenha em mente que eles voltam para nós, quando tiverem que voltar.


Fonte: A ESPIRITUALIDADE DOS ANIMAIS – Marcel Benedeti
imagem: google

Nenhum comentário: