- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quarta-feira, 15 de junho de 2016

CASAMENTO E AMOR V

O Pilar Sociocultural
                As diferenças culturais representam verdadeiros testes ao alinhamento relacional.
                Para desafiar os casais, basta um dos seguintes aspectos: um citadino, e o outro interiorano; pertencerem a classes sociais não coincidentes; procederem de regiões diferentes de um mesmo país; terem nacionalidades não coincidentes; guardarem etnias distintas, tudo isto desaguando numa cultura individual que reflete a educação da família de origem.
                Articular culturas díspares significa fazer encaixes criativos permutando diferentes modos e costumes, festas e celebrações, lazeres e hobbies, práticas e saberes, harmonicamente.
                As heranças trazidas para a relação podem ser muito enriquecedoras quando, pela via do respeito, o casal é capaz de agregar hábitos, histórias e tradições das suas respectivas origens, em nível superior, transformando o casamento, desta forma, não só de duas pessoas, mas de duas culturas e humanidades distintas, afirmando o selo do verdadeiro amor que aponta na direção do acolhimento incondicional.
                                               
(continua)


Fonte: CASAMENTO: A ARTE DO REENCONTRO – ALBERTO ALMEIDA
imagem: google

Nenhum comentário: