- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


sábado, 15 de outubro de 2011

BLOGAGEM COLETIVA - FASES DA VIDA




PARA ALÉM DA MORTE

                Não acredito na morte. A vida é contínua, com períodos que estaremos vestidos com um corpo material e outros que estaremos com corpo etéreo. Por isso que não conseguimos ver aqueles que não usam o corpo material.
                Vestindo o corpo material, nos encarnamos em mundos compatíveis com a nossa evolução. O objetivo da encarnação é o aprendizado, o aprimoramento. Deveremos alcançar a perfeição relativa e sermos capazes de realizar obras similares as que Jesus realizou.
                Portanto, temos os mundos materiais, no qual a Terra pertence, e os planos espirituais, para onde iremos após ao que denominamos morte. Nestes, passaremos um período, maior ou menor, conforme a necessidade de cada um, onde avaliaremos o nosso aprendizado e planejaremos nossa nova jornada. Ali também temos a oportunidade de trabalhar, encontrar entes queridos, participar de cursos e palestras, etc.
                André Luiz descreve-nos, nos livros psicografados por Chico Xavier, vários lugares dos planos espirituais, assim como a situação de espíritos que neles habitam. Narra que depende apenas de nós estarmos em lugares bons ou não.
                Alcançam os planos superiores, aqueles que vivem de acordo com as Leis de Deus, isto é, aplicam os ensinamentos que Jesus veio nos trazer. Portanto, é necessário que estudemos o Evangelho de Jesus, para aprendermos a viver consoante a essas Leis.
Perguntado a Jesus o que resume as Leis de Deus, Ele nos responde: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. E para sabermos como proceder com o próximo, tomamos por base a seguinte frase: Tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-o também vós a eles. (Mat. 7:12)
                Se aplicássemos em nossas relações sociais, em toda e qualquer circunstância, jamais erraríamos. Ninguém deseja para si senão o que é agradável, bom e útil; assim, se cada qual procedesse com seus irmãos de conformidade com aquela regra, é evidente que só lhes faria o bem, resultando da extinção do egoísmo, que é a causa mater de quase todos os atritos e conflitos que infelicitam a humanidade.
Há pouco tempo atrás foi lançado o filme “Nosso Lar” que descreve em linhas gerais aquilo em que acredito. Portanto, posto seu trailler e recomendo-o para aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de vê-lo.








ImageChef Word Mosaic - ImageChef.com

20 comentários:

Gina disse...

Denise,
Sempre falo do consolo recebido pela crença de que essa vida não resume ao que nossos olhos veem.
A materialidade é superficial demais, é imcompleta, triste demais, sem uma continuidade...
Essa força que nos move, essa centelha divina que há em nós, não pode se restringir a uma casualidade de nascer, crescer e morrer. É infinita e é maravilhosa, para quem assim concebe, mas temos que respeitar até mesmo os que não creem em nada além do material...
Obrigada por sua participação na coletiva. Essa última fase, em especial, vem de encontro ao que você acredita e é a razão maior do seu blog.
Bom final de semana!

Maria Luiza disse...

Denise, contente fiquei com sua visita e venho aqui para conhecer a sua opinião e venho que falastes bem o que lhe vai no coração. Parabéns pela sua participação nesta blogagem e pela oportunidade de nos conhecermos. Um abração! Bjbjbj!!!

ensinoregular disse...

Querida amiga,gostei muito do teu texto.Cada vez que te visito,conheço um pouco mais sobre o espiritismo.Sou de formação católica,que não aceita a reincarnação,mas as vezes me questiono.O porque da nossa existência?Será que tudo termina com a morte do corpo?Este ensinamento do espiritismo me intriga muito.Obrigado pelo comentário sobre o meu texto.Bom fim de semana.

Mari disse...

E que consolo é essa crença, Denise. Aliás, mais que uma crença: uma certeza. Um grande abraço

✿ chica disse...

Linda postagem e participação e esse filme foi bem lembrado trazer aqui..Lindo!! beijos,tudo de bom,chica

Lucinha disse...

Denise,

Cada um tem uma forma de pensar no assunto "além da morte". Mesmo aqueles que não abraçam nenhum tipo de religião, sempre tem opinião formada nesse sentido.
De qualquer forma, a vida não termina na morte, independente da fé.
Essa blogam foi maravilhosa, e foi muito bom ter partilhado com você.
Beijos

RUTE disse...

Denise,
gostei muito do seu texto, principalmente quando você fala que «vestindo o corpo material, nós encarnamos em mundos compatíveis com a nossa evolução».

Através da aprendizagem de como transmutar vibrações densas em sutis é que evoluimos e quando tal acontecer a 100%, não mais encarnaremos neste plano.

Já ouvi falar desse filme Nosso Lar. Há relativamente pouco tempo assisti ao filme "As mães de Chico Xavier" e gostei bastante.

Não sei se vou gostar de assistir "Nosso Lar" pois essa imagem que fazem do plano espiritual continua a ser "material". É como visualizar Deus à imagem do homem.

Creio que noutra vibração não podemos esperar cruzar-nos com imagens humanas, nem casas, nem trens, e por aí fora...

Enquanto o homem continuar imaginando "o céu" à imagem da terra, continuará a ser dificil ver por detrás do véu de Maya.
Beijinhos.
Obrigada por termos acompanhado sempre durante estes 8 meses.
Rute

Rachel disse...

Denise, como é bom ler palavras tão profundas e cheias de conhecimento.
Acredito como você, na Vida contínua e no aprendizado eterno.
Agradeço de coração a visita.
Bjuss!!!

Calu disse...

Denise,
a doutrina espírita reforça nossas esperanças num amanhã melhor seja nesse ou em outro plano, mostrando-nos que cabe a nós buscarmos essa melhoria.
Gostei muito de tua clara participação.Obrigada por tua visita lá no Fractais.
Bjos,
Calu

Lulú disse...

Olá Denise,
Você descreveu muito bem o que vi no filme mencionado aqui, Nosso Lar.
Como seria bom que todos nós fizessemos ao próximo o que queremos que seja feito à nós...
Beijo
Maria Luiza (Lulú)

Bel Rech disse...

Penso que a gente deve fazer o bem sem olhar a quem...pois assim estaremos fazendo realmente o bem...
Vi o filme nosso lar e gostei muito...
Paz e bem

Adri disse...

Denise, a temática do seu blog é mais que apropriada para refletir sobre esse tema. Tenho outras crenças, mas assisti Nosso Lar e achei um filme muito bonito, uma excelente pedida para conhecer um pouco mais :-) Parabéns pela participação, beijos!

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Denise minha irmã querida,

Fantásticas palavras, adorei!!!
Não preciso nem falar que concordo plenamente com TUDO!
Já assisti Nosso Lar, e gostei muito.

Quero aproveitar e te agradecer muito pela ajuda recebida do grupo de Oração do Centro.
Foi muito importante para mim, me fortaleceu e me amparou demais.
Obrigada querida.

Um beijo grande me seu coração!!!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida, desejo encontrá-la assim hoje:

Ao sol da manhã
uma gota de orvalho
precioso diamante.
(Matsuo Basho)

Infelizmente não pude comparecer ontem... mas meu coração esteve com VC... Creia, amiga!!!

Vc escolheu bem adequadamente o filme em questão... Parabéns!!!
Embora não o tenha visto... sei do que se trata... Ilustrou muito bem...

"O orvalho não se reinventa em metáforas prenhes de ilusão… pois será sempre orvalho"…
BlueShell

Deus te abençoe por ter caminhado por 7 meses conosco...
Seja feliz e abençoada!!!
Um bjm fraterno de paz e o meu carinho de sempre...
Conte comigo também!!!

http://espiritual-idade.blogspot.com/

piedadevieira disse...

Olá, Denise
prazer foi recebê-la nos meus olhares.
Também gostei muito de participar dessa coletiva, conhecer pessoas novas e seus objetivos.
Beijos

Cláudia disse...

Denise, eu até que gostava de acreditar em algo semelhante, se bem que para mim não faça muito sentido. Mas como eu já disse, as minhas ideias a esse respeito não são muito concretas, eu acredito que há-de haver algo mais do que isto, mas o quê não sei. Mas gostei da ideia "vida depois da vida", ao contrário do comum depois da morte.
Enfim, assunto complicado este. :)
Bjs

Socorro Melo disse...

Olá, Denise!

Que bom que veio! Obrigada!

Já vi o filme Nosso Lar, e achei fantástico.

Também creio que a nossa estada aqui na Terra é para o aprendizado e a elevação espiritual.

Não sou espírita, mas, simpatizo muito com a doutrina, e acho-a bastante pertinente.

Gostei muito do que nos trouxe, neste post. Ótimas reflexões.

Grande abraço
Socorro Melo

Irene Moreira disse...

DEnise
Muito bom seu post e cada um enxerga a vida eterna a sua luz. A Força superiro , o nosso Criador está presente em diversas formas e existirá sim umavida após esta.
Já havia essistido esse vídeo e foi muito bem feito o filme e como me emcionou vê-lo.

Desculpe só agora vm retribuir a sua visita, mas como gostei de estar por aqui.

Beijos no seu coração

Zilda Santiago disse...

Muito confortável a certeza da vida após a morte e o reencontro!!Bjs

Zilda Santiago disse...

Estou levando o selinho que será postado no blog que criei especialmente para estes carinhos e outros:http://carinhossorteiosetcetal.blogspot.com
Minha postagem da coletiva está aqui:http://rumoslibertadores.blogspot.com
Bjs e obrigada