- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

PROGRAMA DE SAÚDE II



É claro que a contribuição mental faz-se relevante, por daí procederem as ordens de comando e as diretrizes de comportamento, conseguindo-se a harmonia entre o pensamento e a ação.
Pensar de maneira salutar é compromisso valioso para gerar otimismo e paz, iniciando o programa das ações corretas que dão nascimento aos hábitos responsáveis pela segunda natureza do ser, isto é, uma outra natureza interpenetrada na própria natureza.
                Desse modo procedendo, as horas de ação se tornarão agradáveis, sem os excessos do cansaço ou a presença da irritação, e as de repouso se farão assinalar pela tranqüilidade refazente, que recompõe as despesas dos momentos de vigília.
                Tudo quanto se tenha que fazer, pensar antes, delineando um programa cuidadoso, no qual o improviso não  tenha lugar, nem tampouco o arrependimento tardio.
                Quem se equipa de cuidados, erra menos. Quem estabelece roteiros e segue-os, acerta mais.
                Tal programação estatuirá a necessidade de pensar com retidão, mesmo quando as circunstâncias e pessoas sugiram outra forma, imediatista e infeliz, portanto favorecedora da consciência de culpa.
                Cultivar a confiança e a alegria no trato com os demais membros da sociedade – iniciando no lar – embora as defecções morais e os embates traiçoeiros do momento, a que todos estão sujeitos.
                Irradiar simpatia e esperança, produzindo uma aura de paz que alenta e grada a todos.
                Usar a conversação como elemento catalisador de novas idéias de enobrecimento e de ventura, que estimulam a criatividade, a coragem, a perseverança no bem.
                Banir, quanto possível, do comportamento, a crítica ácida e destrutiva, os conceitos chulos quão irresponsáveis, as diatribes e os verbetes sarcásticos, que envenenam o coração e enfermam a alma, transferindo-se pelos condutos do perispírito para o corpo, em delicadas como complexas patologias orgânicas.
                Respeitar, e, ao mesmo tempo, conduzir o corpo com moderação em quaisquer eventos, poupando-o aos costumes promíscuos, bem como aos relacionamentos sexuais e afetivos perturbadores, ora muito em voga.
                Manter os requisitos da higiene, superando os imperativos da preguiça mental e física, assim criando e preservando os hábitos sadios.
                Recorrer à oração, qual sedento no rumo da Fonte Vitalizadora, sustentando o espírito e refrigerando-se na paz.
                Meditar em silencio, a fim de absorver a resposta divina e capacitar-se dos conteúdos da inspiração para alcançar as metas essenciais da existência.
                Preservar a paz, mesmo que a alto preço, estimulando-a em todos quantos o cerquem.
                A verdadeira saúde não se restringe apenas à harmonia e ao funcionamento dos órgãos, possuindo maior extensão, que abrange a serenidade íntima, o equilíbrio emocional e as aspirações estéticas, artísticas, culturais, religiosas.
                Pode-se estar pleno, embora com alguma dificuldade orgânica – que será reparada do interior (mediante a ação mental bem direcionada) para o exterior (o reequilíbrio, a restauração das células e do órgão afetado) – como encontrar-se em ordem, porém, sem equilíbrio emocional.
                Assim, pensar bem e corretamente, permanece como primeiro item de um bem estruturado programa de saúde, a fim de que as palavras, na conversação, não corrompam os costumes, ensejando ações estimulantes e edificadoras para o bem geral.

Do livro - AUTODESCOBRIMENTO UMA BUSCA INTERIOR
Divaldo Pereira Franco/Joanna de Ângelis                             

Glitter Symbols - ImageChef.com

Um comentário:

Adelaide Araçai disse...

Denise, fiquei um pouco ausente, mas amei esse meu retorno, o texto casou justamente com o mu momento atual, aprendi que sou Senhora de meus pensamentos e desde o momento em que decidi tomar as rédeas dos mesmos, parece que minha vida flui muito melhor.

Muita Luz e Paz
Abraços