- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quinta-feira, 15 de setembro de 2011

BLOGAGEM COLETIVA - FASES DA VIDA



MORTE
                Fechado as fases da vida, nada mais natural do que falar sobre a morte. Embora seja um assunto que a maioria das pessoas foge, não o tem bem resolvido dentro de si, ou sentem medo.
                Ninguém melhor do que o espírito Emmanuel para falar sobre esse assunto. Então escolhi o texto abaixo.

À Frente da Morte

                Não olvides que, além da morte, continua vivendo e lutando o espírito amado que partiu.
                Tuas lágrimas são gotas de fel em sua taça de esperança.
                Tuas aflições são espinhos a se lhe implantarem no coração.
                Tua mágoa destrutiva é como neve de angústia a congelar-lhe os sonhos.
                Tua tristeza inerte é sombra a escurecer-lhe a nova senda.
                Por mais que a separação te lacere a alma sensível, levanta-te e segue para a frente, honrando-lhe a confiança com a fiel execução das tarefas que o mundo te reservou.
                Não vale a deserção do sofrimento, porque a fuga é sempre a dilatação do labirinto em que nos arroja a invigilância, compelindo-nos a despender longo tempo na recuperação do rumo certo.
                Recorda que a lei de renovação atinge a todos e ajuda quem te antecedeu na grande viagem, com o valor de tua renúncia e com a fortaleza de tua fé, sem esmorecer no trabalho – nosso invariável caminho para o triunfo.
                Converte a dor em lição e a saudade em consolo, porque, de outros domínios vibratórios, as afeições inesquecíveis te acompanham os passos, regozijando-se com as tuas vitórias solitárias, portas adentro de teu mundo interior.
                Todas as provas objetivam o aperfeiçoamento do aprendiz e, por enquanto, não passamos de meros aprendizes na Terra, amealhando conhecimento e virtude, em gradativa e laboriosa ascensão para a vida eterna.
                Deus, a Suprema Sabedoria e a Suprema Bondade, não criaria a inteligência e o amor, a beleza e a vida, para arremessá-los às trevas.
                Repara em torno dos próprios passos.
                A cada noite no mundo segue-se o esplendor do alvorecer.
                O inverno áspero é sucedido pela primavera estuante de renascimento e floração.
                A lagarta, que hoje se arrasta no solo, amanhã librará em pleno espaço com asas multicolores de borboleta.
                Nada perece.
                Tudo se transforma na direção do infinito bem.
                Compreendendo, assim, a verdade, entesourando-lhe as bênçãos, aprendamos a encontrar na morte o grande portal da vida e estaremos incorporando, em nosso próprio espírito, a luz inextinguível da gloriosa imortalidade.

Do livro: Escrínio de Luz – Francisco Cândido Xavier/Emmanuel

ImageChef Word Mosaic - ImageChef.com

14 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Querida Denise
"...um ramo de jasmins todo orvalhado"...
(Amara)

Nesse mundo nada mesmo se cria... tudo se recria... é verdadeiro esse ponto de vista...
Seja feliz e abençoada!!!

"Simpatia são dois galhos
Banhados de bons orvalhos"...
(Ieda)
Um maravilhoso mês de setembro, repleto de gotículas de orvalho!!!
Bjm de coração a coração pra VC...

http://espiritual-idade.blogspot.com/

Zilda Santiago disse...

Muito bom texto amiga!!!
"Nascer, morrer, renascer ainda e progredir continuamente ESTA É A LEI"
Sigamos em frente!!!Bjs

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Denise irmã querida,

Nossa trajetória no caminho da evolução ainda continua no mundo espiritual, nossa encarnação é apenas mais um degrau que nos leva ao aprendizado.
Sofremos demais com a morte de pessoas próximas ou conhecidas, pois ainda não conseguimos nos desvencilhar de suas energias, e o apego torna tudo mais difícil.
O Espiritismo vem iluminar todos os corações que estão sufocados com a dor da perda, através de mensagens lúcidas e verdadeiras que serão verdadeiros bálsamos.

Belíssima mensagem de Emmanuel.
Um grande beijo em seu coração!!!

Virginia Jesus Fassarella disse...

Denise, estou numa fase que não consigo ver a morte com tranquilidade. Gostaria muito. Beijos.

ensinoregular disse...

Que belo texto que escolheste para falar sobre a morte.Podemos dizer que a morte é a passagem para uma nova vida cheia de esperanças.beijos

Gina disse...

Denise,
Já conhecia essa mensagem de Emmanuel e serve como alerta para os que aqui ficam.
A oportunidade do reencontro deve ser o norteador, pra consolar quem vê seus queridos partirem.
Grata pela mensagem de ânimo!
Bjs.

Paula disse...

Olá Denise!! Vim conhecer seu blog e ler o seu texto da blogagem coletiva, também estou participando. Acho que teremos muito para tricotar daqui para a frente.

Te espero para um café no Quintal.

beijo

soninha disse...

Nós ocidentais, imediatistas, pouco dedicados à espiritualidade, ainda sofremos muito com a morte.Os que vão e os que ficam.
Um dia alcançaremos um patamar onde ela será bem compreendida não só como fechamento do ciclo vital como porta de acesso à verdadeira pátria:a espiritual.
Bjs e muita paz!

Flora Maria disse...

Assim como disse a Soninha, nós ocidentais sofremos muito com a idéia da morte, coisa que outros povos não sentem. No momento em que conseguirmos acreditar que somos espírito usando um corpo, e esse espírito continua, será mais fácil aceitar a passagem para outros planos, não é mesmo ?

Beijo

RUTE disse...

Denise,
tudo isso que você falou me deixou a pensar no seguinte:

Porque será que as pessoas têm medo de morrer mas não têm medo de viver uma vida desvitalizada?

Porque não pensam antes, em aproveitar o convivio com os outros antes de eles terem "os dias contados"?

Tanta briga sem sentido, tantos desencontros de amores e familiares...
Muito reflexiva sua postagem.
Obrigada por compartilhar o texto de Emmanuel.
Beijinhos.
Rute
P.s.-Ainda tem mais uma fase...já se encontra postado o artigo de abertura da 8ª!(esta sim a última da BCFV).

Lina disse...

Olá, Denise!Este texto de Emmanuel é belíssimo, e a comparação com a transformação da natureza e a vida humana é uma óptima reflexão acerca da morte. A doutrina espírita é um verdadeiro bálsamo para o ser humano, porque traz-nos esperança e serenidade acerca de nosso futuro.
Gostei muito de ler a tua participação e de ver que estamos sintonizadas.
Beijinhos

Sun Flower disse...

Obrigada pela visita querida, realmente o fato de deixarmos o velho para o novo entrar também é uma forma de desapego de libertação. Paz e Luz.

Socorro Melo disse...

Oi, Simone!

A mensagem de Emmanuel nos traz um grande consolo.
Eu acredito na vida após a morte física, e creio que tudo que vivemos aqui é para o nosso aprendizado.
O que me assusta na morte é o sofrimento físico e a separação daqueles que amamos.
Gostei do seu comentário, e bom seria que na hora da morte, acontecesse algo semelhante ao que aconteceu com você no acidente, hein?

Um abraço, e obrigada pela visita Socorro Melo

Professora Sandra - Geografia disse...

Ola Denise e amigos do blogger, gostaria de iniciar uma compreensão do porque de algumas criaturas virem para esse mundo somente para sofrer.