- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


domingo, 28 de outubro de 2012

A LEI DA CONSERVAÇÃO


O instinto de conservação, por ser uma das manifestações da lei natural, é inerente a todos os seres vivos.
                Maquinal entre os espécimes situados nos primeiros degraus da escala evolutiva, vai-se desenvolvendo à medida que os seres animam organismos mais complexos e melhor dotados, tornando-se, no reino hominal, inteligente e raciocinado.
                Sendo a vida orgânica absolutamente necessária ao aperfeiçoamento dos sers, Deus sempre lhes facultou os meios de conservá-la, fazendo que a terra produzisse quanto fosse suficiente à mantença de todos os que a habitam.
                Sabendo, entretanto, que, se as criaturas tivessem que usar os frutos da terra apenas em função de sua utilidade, a lei de conservação não seria cumprida, houve Deus por bem imprimir a esse ato o atrativo do prazer, dando a cada coisa um sabor especial que lhes estimulasse o apetite.
                A par disso, pela própria constituição somática com que modelou os seres, restringiu-lhes o gozo da alimentação ao limite do necessário, limite esse que, se observado, lhes asseguraria uma saúde perfeitamente equilibrada.
                O homem, porém, no exercício de seu livre arbítrio, frequentemente se desmanda, cometendo toda sorte de excessos e extravagâncias, resultando daí muitas das doenças que o excruciam e o conduzem à morte, prematuramente.
                Mas como nada se perde na economia da evolução, os sofrimentos decorrentes dos desregramentos que comete dão-lhe experiência, fortalecem-lhe a razão, habilitando-o, finalmente, a distinguir o uso do abuso.
                Poder-se-á dizer que, em certas regiões do globo, o solo, menos fértil, não produz o bastante para a nutrição de seus habitantes e que o grande número de pessoas que nelas sucumbem vitimadas pela fome parece desmentir haja uma Providência Divina a provê-los dos recursos com que cumprirem a lei de conservação da vida.
                Tais calamidades ocorrem, de fato, mas não por culpa de Deus, a quem não se pode imputar as falhas de nossa sociedade, na qual uns se regalam com o supérfluo, enquanto outros carecem do mínimo necessário.
                Fossem os homens menos egoístas, não tivessem apenas a máscara de religiosos, e, nessas contingências, prestar-se-iam mútuo apoio, já que a terra e eles mesmos pertencem a uma só família: a humanidade.
                Além disso, cumpre aos homens aplicarem-se no estudo dos problemas que os afligem a fim de dar-lhes a devida solução, seja aperfeiçoando cada vez mais as técnicas de cultivo da gleba, de modo a conseguirem aumento de produção, seja entregando-se a pesquisas, no sentido de descobrirem outras fontes de alimentos, esforços esses que lhes engrandecerão a inteligência, assinalando novas etapas no progresso da civilização.
                                                                         
Do Livro: As Leis Morais – Rodolfo Calligaris


x_3c9af6bf


DIVULGANDO - EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO


5 comentários:

borboleta psique disse...

Texto muito bem escrito! É uma pena que, nós encarnados, ainda usamos dessa forma menos edificante nosso livre arbítreo.
Que possamos começar a aprender!

abraços

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Denise
Ascese é o objetivo de quem luta, dia a dia, por ser melhor e transparente... para agradar tão somente a Deus...
Bjs de paz

Dilmar Gomes disse...

Amiga Denise, passando por aqui para apreciar teus belos posts. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

Muito lindo e verdadeiro esse texto,Denise!

As pessoas gostam de culpar Deus por tudo!

Deviam agradecer pelo presente da vida!

Obrigada pelos comentários.

Já mudei seu avatar nos seguidores e já havia colocado seus 2 blogs mesmo.


Volte sempre,amiga!


Estou atualizando quase que diariamente!



Beijos e Linda semana!


Donetzka

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

ESTRANHO,DENISE.

JÁ COMENTEI ESSE LINDO POST E NÃO APARECEU NEM QUE IA SER MODERADO.


OBRIGADA PELA VISITA E VOLTE SEMPRE.

ESTOU DIARIAMENTE ATUALIZANDO O BLOG.

JÁ COLEI SEU AVATAR QUE PEDIU NOS SEGUIDORES E JÁ TINHA DIVULGADO SEUS 2 BLOGS MESMO!


BEIJOS E LINDA SEMANA!


DONETZKA