- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -
PODEM NOS TIRAR AS FLORES, MAS NUNCA A PRIMAVERA.

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quarta-feira, 10 de outubro de 2012

HISTÓRIA - Os Ossos do Ancestral



                Havia um rei da Espanha que se orgulhava muito de seus ancestrais, e que era conhecido por sua crueldade com os mais fracos.
                Certa vez, caminhava com sua comitiva por um campo de Aragón, onde – anos antes – havia perdido seu pai em uma batalha, quando encontrou um homem sento remexendo uma enorme pilha de ossos.
                - O que você está fazendo aí? – perguntou o rei.
                - Honrada seja Vossa Majestade – disse o homem santo. Quando soube que o rei da Espanha vinha por aqui, resolvi recolher os ossos de vosso falecido pai para entregar-vos. Entretanto, por mais que procure, não consigo achá-los: eles são iguais aos ossos dos camponeses, dos pobres, dos mendigos e dos escravos.

Extraído da Revista Bem Estar – coluna do Paulo Coelho – 6/5/2012
Jornal Diário da Região – São José do Rio Preto


x_3c9af6bf

Um comentário:

Élys disse...

Uma belíssima lição.
Beijos.
Élys.